Posição e profundidade de semeadura na emergência e desenvolvimento inicial de mudas de Anacardium microcarpum Ducke - DOI:10.5039/agraria.v9i4a2721

Alan Mario Zuffo, Fabricio Ribeiro Andrade, Fabiano André Petter, Thiago Rodrigo Schossler de Souza, Adelfran Cavalcante Piauilino

Resumo


Objetivou-se neste trabalho avaliar a emergência e o desenvolvimento inicial de mudas de cajuí [Anacardium microcarpum Ducke], em função da posição e profundidade de semeadura. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, utilizando o delineamento experimental de blocos ao acaso, em esquema fatorial 5x3, sendo os fatores constituídos por cinco posições (A - hilo para baixo, B - hilo para cima, C - hilo e “dorso” de lado, D - “dorso” para baixo, E - “dorso” para cima) e três profundidades de semeadura (dois, quatro e seis centímetros), com quatro repetições. Aos 60, 90 e 120 dias após a emergência (DAE) avaliou-se a altura de plantas e o diâmetro do coleto, sendo que aos 120 dias avaliou-se a fitomassa seca da parte aérea e raízes, comprimento de raízes, número de folhas, área foliar, índice de velocidade de emergência, relação altura/diâmetro do coleto, fitomassa seca da parte aérea/fitomassa seca das raízes e índice de qualidade de Dickson (IQD). O melhor desenvolvimento e qualidade final das mudas de cajuí é quando as sementes são depositadas a dois centímetros de profundidade com o hilo para baixo e “dorso” para cima.

Palavras-chave


cajuí; desenvolvimento de mudas; germinação; qualidade fisiológica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Alan Mario Zuffo, Fabricio Ribeiro Andrade, Fabiano André Petter, Thiago Rodrigo Schossler de Souza, Adelfran Cavalcante Piauilino

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2018

h5 index: 12

h5 median: 14

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.