Variabilidade espacial da umidade relativa do ar no interior de uma casa de vegetação em clima tropical - DOI:10.5039/agraria.v9i2a3180

Diego Scacalossi Voltan, Rogério Zanarde Barbosa, João Eduardo Machado Perea Martins

Resumo


Casas de vegetação com ventilação natural são muito utilizadas em países tropicais e pouco se sabe como este tipo de estrutura afeta a variabilidade espacial da umidade relativa do ar. O objetivo deste trabalho foi medir e verificar a variabilidade espacial da umidade relativa do ar no interior de uma casa de vegetação com ventilação natural. Para a medição da umidade relativa do ar foi utilizado um termo-higrômetro e amostrados 114 pontos dentro da casa de vegetação, nos horários das 9, 12 e 16 h e nas alturas de 0,3; 1,2 e 2,0 m. Os dados adquiridos foram processados pelo software geoestatístico GS+ e para gerar mapas de visualização para cada horário e altura, utilizou-se o software Surfer 10.3.705. Os resultados demostraram que ocorreram variações na distribuição espacial da umidade relativa do ar no interior da casa de vegetação com ventilação natural.

Palavras-chave


agroclimatologia; casa de vegetação; geoestatística

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Diego Scacalossi Voltan, Rogério Zanarde Barbosa, João Eduardo Machado Perea Martins

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.