Biometria e formas dos testículos em cordeiros da raça Santa Inês explorados em regime de manejo intensivo - DOI:10.5039/agraria.v5i1a527

Aline Pacheco, Aparecida F. Madella-Oliveira, Celia R. Quirino

Resumo


Objetivou-se avaliar o desenvolvimento testicular e o peso corporal, calcular o volume testicular por três diferentes fórmulas matemáticas e verificar a forma dos testículos de 33 cordeiros da raça Santa Inês, nascidos entre janeiro e setembro de 2007 e criados no Sul do Espírito Santo/Brasil. Os animais foram pesados e os testículos mensurados a cada 28 dias, do desmame (90 dias) até 354 dias de idade. As medidas testiculares e o peso corporal aumentaram com a idade, até os 12 meses. A fórmula que melhor estimou o volume testicular foi a do cilindro. A forma testicular predominante até os seis meses de idade foi a longo/oval e, a partir dos oito meses, a forma com maior freqüência foi a longa. O perímetro escrotal não variou com a forma testicular, no entanto, o comprimento e o volume testicular foram maiores nas formas longo/moderado e longo. Os cordeiros mais pesados apresentaram testículos longos. Pode-se concluir que durante este período de vida os carneiros apresentaram rápido crescimento testicular e aumento de peso, no entanto, ainda estavam se desenvolvendo. A fórmula do cilindro mostrou-se mais adequada para calcular o volume testicular e, devido à variação na forma testicular dos animais, sugere-se a medição do volume testicular como critério adicional na seleção de carneiros jovens.


Palavras-chave


ovino, macho, forma testicular, peso corporal

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Aline Pacheco, Aparecida F. Madella-Oliveira, Celia R. Quirino

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.