Qualidade de sementes de soja com diferentes teores de lignina obtidas de plantas dessecadas - DOI:10.5039/agraria.v14i3a5674

Frederico José Evangelista Botelho, João Almir Oliveira, Édila Vilela de Resende Von Pinho, Everson Reis Carvalho, Marcela Pedroso Mendes Resende, Leandro Vilela Reis

Resumo


Produtores de soja tem utilizado herbicidas dessecantes para antecipar a colheita, entretanto, essa prática é frequentemente questionada quando utilizada em campos de produção de sementes, uma vez que os resíduos deixados pelos herbicidas dessecantes podem prejudicar a qualidade das mesmas, especialmente daquelas com tegumento frágil. O objetivo nesse estudo foi avaliar como dessecantes aplicados em diferentes épocas afetam a qualidade de sementes de soja com diferentes teores de lignina no tegumento. Plantas das cultivares BRS Silvânia RR, BRS Valiosa RR, BRS 245 RR e BRS 247 RR foram dessecadas com três herbicidas comerciais, além de um tratamento controle, em três épocas de aplicação, quando as sementes estavam com teores de água de 30, 40 e 50%. A qualidade das sementes foi avaliada pelos testes de germinação, emergência, índice de velocidade de emergência, envelhecimento acelerado, condutividade elétrica, tetrazólio e produtividade. Para o teor de lignina das sementes de soja há alta e negativa correlação com a produtividade e os caracteres relacionados à qualidade fisiológica das sementes. A dessecação das plantas com o herbicida Finale® prejudica a qualidade das sementes.

Palavras-chave


desiccants; Glycine max; vigor

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Baldoni, A.; Von Pinho, E.V.R.; Fernandes, J.S.; Abreu, V.M.; Carvalho, M.L.M. Gene expression in the lignin biosynthesis pathway during soybean seed development. Genetics and Molecular Research, v.12, n.3, p.2618-2624, 2013. https://doi.org/10.4238/2013.February.28.2.

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília: Mapa/ACS, 2009. 399 p.

Capeleti, I.; Ferrarese, M.L.L.; Krzyzanowiski, F.C.; Ferrarese Filho, M.L.L. A new procedure for quantification of lignin in soybean (Glycine max (L.) Merrill) seed coat and their relationship with the resistance to mechanical damage. Seed Science and Technology, v.33, n.2, p.511- 515, 2005. https://doi.org/10.15258/sst.2005.33.2.25.

Cruz, C.D. GENES - a software package for analysis in experimental statistics and quantitative genetics. Acta Scientiarum. Agronomy, v.35, n.3, p.271-276, 2013. https://doi.org/10.4025/actasciagron.v35i3.21251.

Dantas, I.B.; Oliveira, J.A.; Santos, H.O.; Von Pinho, E.V.R.; Rosa, E.D.V.F. Influence of lignin content in soybean seed coat on the incidence of the storage fungus Aspergillus flavus. Revista Brasileira de Sementes, v.34, n.4, p.675-683, 2012. https://doi.org/10.1590/S0101-31222012000400003.

Dutra, A.S.; Vieira, R.D. Envelhecimento acelerado como teste de vigor para sementes de milho e soja. Ciência Rural, v.34, n.3, p.715-721, 2004. https://doi.org/10.1590/S0103-84782004000300010.

Ferreira, D.F. Sisvar: a guide for its bootstrap procedures in multiple comparisons. Ciência e Agrotecnologia, v.38, n.2, p.109-112, 2014. https://doi.org/10.1590/S1413-70542014000200001.

Gris, C.F.; Von Pinho, E.V.R.; Krzyzanowski, F.C.; Evangelista, J.R.E.; Freiria, W.C.; Baldoni, A. Lignification of the plant and related aspects of soaking seeds and soybean pod of RR and conventional cultivars. African Journal of Agricultural Research, v.11, n.21, p.1952-1960, 2016. https://doi.org/10.5897/AJAR2015.10271.

Gris, C.F.;Von Pinho, E.V.R.; Andrade, T.; Baldoni, A.; Carvalho, M.L.M. Qualidade fisiológica e teor de lignina no tegumento de sementes de soja convencional e transgênica RR submetidas a diferentes épocas de colheita. Ciência e Agrotecnologia, v.34, n.2, p.49-55, 2010. https://doi.org/10.1590/S1413-70542010000200015.

Inoue, M.H.; Júnior, O.M.; Braccini, A.L.;Júnior, R.S.O.; Ávila, M.R.; Constantin, J. Rendimento de grãos e qualidade de sementes de soja após a aplicação de herbicidas dessecantes. Ciência Rural, v.33, n.4, p.769-770, 2003. https://doi.org/10.1590/S0103-84782003000400030.

Krzyzanowski, F.C.; França Neto, J.B.; Henning, A.A. O teste de vigor. Informativo Abrates, v.2, n.1, p.20-27, 1991.

Lacerda, A.L.S.; Lazarini, E.; Sá, M.E.; Valério Filho, W.V. Efeitos da dessecação de plantas de soja no potencial fisiológico e sanitário das sementes. Bragantia, v.64, n.3, p.447- 457, 2005. https://doi.org/10.1590/S0006-87052005000300015.

Lamego, F.P.; Gallon, M.; Basso, C.J.; Kulczynski, S.M.; Ruchel, Q.; Kaspary, T.E.; Santi, A.L. Dessecação pré colheita e efeitos sobre a produtividade e qualidade fisiológica de sementes de soja. Planta Daninha, v.31, n.1, p.929-938, 2013. https://doi.org/10.1590/S0100-83582013000400019.

Maguire, J. D. Speed of germination: aid in selection and evaluation for seedling and vigor. Crop Science, v.2, n.2, p.176-177, 1962. https://doi.org/10.2135/cropsci1962.0011183X000200020033x.

Menezes, M.; Von Pinho, E.V.R.; José, S.C.B.R.; Baldoni, A.; Mendes, F.F.Aspectos químicos e estruturais da qualidade fisiológica de sementes de soja. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.44, n.12, p.1716-1723, 2009. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2009001200022.

Oliveira, C.M.G.; Kryzanowski, F.C.; Oliveira, M.C.N.; França Neto, J.B.; Henning, A.A. Relationship between pod permeability and seed quality in soybean. Journal of Seed Science, v.36, n.3, p.273-281, 2014. https://doi.org/10.1590/2317-1545v36n3919.

Pereira, T.; Coelho, C.M.M.; Sobiecki, M.; Souza, C. A. Physiological quality of soybean seeds depending on the preharvest desiccation. Planta Daninha, v.33, n.3, p.441-450, 2015. https://doi.org/10.1590/S0100-83582015000300007.

Vieira, R.D.; Krzyzanowiski, F.C.Teste de condutividade elétrica. In: Krzyzanowiski, F.C.; Vieira, R.D.; França Neto, J.B. (Eds.). Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: Abrates, 1999. Cap.4, p.1-26.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Frederico José Evangelista Botelho, João Almir Oliveira, Édila Vilela de Resende Von Pinho, Everson Reis Carvalho, Marcela Pedroso Mendes Resende, Leandro Vilela Reis

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2018

h5 index: 12

h5 median: 14

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.