Atividade enzimática e atributos químicos do solo após aplicação contínua e interrompida de dejetos líquidos de suínos - DOI:10.5039/agraria.v14i1a5619

Deisi Navroski, Graziela Moraes de Cesare Barbosa, Arnaldo Colozzi Filho, Adônis Moreira

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar atividades enzimáticas e atributos químicos de um solo sob aplicação contínua por 28 anos e após interrupção por 5 e 12 meses de dejeto líquido de suínos (DLS). O solo recebeu doses de 0, 30 e 60 m3 ha-1 ano-1 de DLS desde 1988, e em 2016, as parcelas foram divididas ao meio e houve a interrupção da aplicação de DLS em meia parcela, gerando o esquema fatorial 2 × 2 sendo duas doses de DLS (30 e 60 m3 ha-1 ano-1) e duas condições de aplicação (contínua ou interrompida). Avaliou-se no solo o P disponível, carbono orgânico total (COT), pH, Al3+, H++Al3+, Ca2+, Mg2+, K+ e a atividade das enzimas arilsulfatase (AR), β-glicosidase (β-G), fosfatase ácida (FA) e básica (FB), hidrólise do diacetato de fluoresceína (FDA). O teor de P, Mg2+ e H++Al3+ variaram com as doses de DLS aplicado, mas não com a interrupção das aplicações. A aplicação contínua de DLS aumentou a atividade das enzimas AR, β-G e FB, enquanto FDA e FA não foram influenciadas pela interrupção das aplicações. A interrupção da aplicação de DLS por até um ano não provocou alteração nos atributos químicos do solo, mas reduz a atividade das enzimas AR, β-G e FB.


Palavras-chave


atividade microbiana; carbono orgânico; ciclos biogeoquímicos; dejeto animal

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Acosta-Martinez, V.; Tabatabai, M. A. Enzyme activities in a limed agricultural soil. Biology and fertility of soils, v.31, n.1, p.85-91, 2000. https://doi.org/10.1007/s003740050628.

Araújo, A. S. F.; Monteiro, R. T. R. Indicadores biológicos de qualidade do solo. Bioscience Journal, v. 23, n. 3, p.66-75, 2007. http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6684/4403. 22 Jun. 2018.

Associação Brasileira de Proteína Animal – ABPA. Relatório anual. 2017. http://abpa-br.com.br/setores/avicultura/publicacoes/relatorios-anuais/2017. 20 Jun. 2017.

Balota, E.L.; Machineski, O.; Hamid, K.I.A.; Yada, I.F.U.; Barbosa, G.M.C.; Nakatani, A.S.; Coyne, M.S. Soil microbial properties after long-term swine slurry application to conventional and no-tillage systems in Brazil. Science of the Total Environment, v.490, p.397-404, 2014. https://doi.org/10.1016/j.scitotenv.2014.05.019.

Balota, E.L.; Machineski, O.; Matos, M.A. Soil microbial biomass under different tillage and levels of applied pig slurry. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.16, n.5, p.487-495, 2012. https://doi.org/10.1590/S1415-43662012000500004.

Balota, E.L.; Machineski, O.; Truber, P.V. Soil enzyme activities under pig slurry addition and different tillage systems. Acta Scientiarum. Agronomy, v.33, n.4, p.729- 737, 2011. https://doi.org/10.4025/actasciagron.v33i4.9816.

Caviglione, J.H.; Kiihl, L.R.B.; Caramori, P.H.; Oliveira, D. Cartas climáticas do Paraná. 2000. http://www.iapar.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=677. 09 Jul. 2017.

Ceretta, C.A.; Lorensini, F.; Brunetto, G.; Girotto, E.; Gatiboni, L.C.; Lourenzi, C.R.; Tiecher, T.L.; Contii, L.D.; Trentin, G.; Miotto, A. Frações de fósforo no solo após sucessivas aplicações de dejetos de suínos em plantio direto. Pesquisa agropecuária Brasileira, v.45, n.6, p.593-602, 2010. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2010000600009.

Couto, R.R.; Comin, J.J.; Soares, C.R.F.S.; Belli Filho, P.; Benedet, L.; Moraes, M.P.; Brunetto, G.; Beber, C.L. Microbiological and chemical attributes of a Hapludalf soil with swine manure fertilization. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.48, n.7, p.774-782, 2013. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2013000700010.

Dick, R.P.; Breakwell, D.P.; Turco, R. Soil enzyme activities and biodiversity measurements. In: Doran, J.W.; Jones, A.J. (Eds.) Methods for assessing soil quality. Madison: Soil Science Society of America, 1996. p.247- 272.

Eivazi, F.; Tabatabai, M.A. Glucosidases and galactosidases in soils. Soil Biology and Biochemistry, v.20, n.5, p.601-606, 1988. https://doi.org/10.1016/0038-0717(88)90141-1.

Huang, Q.; Zhu, J.; Qiao, X.; Cai, P.; Rong, X.; Liang, W.; Chen, W. Conformation, activity and proteolytic stability of acid phosphatase on clay minerals and soil colloids from an Alfisol. Colloids Surf B Biointerfaces, v.74, n.1, p. 279-283, 2009. https://doi.org/10.1016/j.colsurfb.2009.07.031.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ‒ IBGE. Estatística da Produção Pecuária. Indicadores: Abate de animais, produção de leite, couro e ovos. Junho 2017. http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/indicadores/agropecuaria/producaoagropecuaria. 08 Jun. 2018.

Lalande, R.; Gagnon, B.; Simard, R.R.; Côté, D. Soil microbial biomass and enzyme activity following liquid hog manure application in a long-term field trial. Canadian Journal of Soil Science, v.80, n.2, p.263-269, 2000. https://doi.org/10.4141/S99-064.

Leitão, F. O.; Silva, W. H. Geração de energia e renda a partir do tratamento dos resíduos da suinocultura. Informe GEPEC, v.22, n.1, p.116-132, 2018. http://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/18024/12838. 22 Ju. 2018.

Li, W.; Wu, M.; Liu, M.; Jiang, C.; Chen, X.; Kuzyakoy, Y; Rinklebe, J.; Li, Z. Responses of Soil Enzyme Activities and Microbial Community Composition to Moisture Regimes in Paddy Soils Under Long-Term Fertilization Practices. Pedosphere, v.28, n.2, p.323-331, 2018. https://doi-org.ez67.periodicos.capes.gov.br/10.1016/S1002-0160(18)60010-4.

Lourenzi, C.R., Scherer, E.E., Ceretta, C.A., Tiecher, T.L., Cancian, A., Ferreira, P.A.A., Brunetto, G. Atributos químicos de Latossolo após sucessivas aplicações de composto orgânico de dejeto líquido de suínos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.51, n.3, p.233-242, 2016. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2016000300005.

Miyazawa, M.; Barbosa, G.M. de C. Dejeto líquido de suíno como fertilizante orgânico: Método Simplificado. 1.ed. Londrina: IAPAR, 2015. 26 p.

Oliveira, P.A.V.; Silva, A.P.; Perdomo, C.C. Aspectos construtivos na produção de suínos visando aos aspectos ambientais de manejo dos dejetos. In: Seganfredo, M.A. (Ed.). Gestão ambiental na suinocultura. Brasília: Embrapa, 2012. E-book.

Pavan, M.A.; Bloch, M.F.; Zempulski, H.C.; Miyazawa, M.; Zocoler, D.C. Manual de análise química de solo e controle de qualidade. Londrina: IAPAR. 1992. 40 p.

Plaza, C.; Hernández, D.; García-Gil, J.C.; Polo, A. Microbial activity in pig slurry-amended soils under semiarid conditions. Soil Biology and Biochemistry, v.36, n.10, p.1577-1585, 2004. https://doi.org/10.1016/j.soilbio.2004.07.017.

Santos, H.G.; Jacomine, P.K.T.; Anjos, L.H.C.; Oliveira, V.A.; Lumbreras, J.F.; Coelho, M.R.; Almeida, J.A.; Cunha, T.J.F.; Oliveira, J.B. Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília: Embrapa, 2013. 353p.

Silva, C.F. da; Pereira, M.G.; Miguel, D.L.; Feitora, J.C.F.; Loss, A.; Menezes, C.E.G.; Silva, E.M.R. da. Carbono orgânico total, biomassa microbiana e atividade enzimática do solo de áreas agrícolas, florestais e pastagem no Médio Vale do Paraíba do Sul (RJ). Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.36, n.6, p.1680-1689, 2012. https://doi.org/10.1590/S0100-06832012000600002.

Silva, D.M.; Antoniolli, Z.I.; Jacques, R.J.S.; Silveira, A.O.; Silva, D.A.A.; Rache, M.M.; Passos, V.H.G.; Silva, B.R. Indicadores microbiológicos de solo em pastagem com aplicação sucessiva de dejetos de suínos. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.39, n.6, p.1585-1594, 2015. https://doi.org/10.1590/01000683rbcs20150138.

Tabatabai, M.A. Enzymes. In: Weaver, R.W.; Augle, S.; Bottomly, P.J.; Bezdicek, D.; Smith, S.; Tabatabai, A.; Wollum, A. (Eds.). Methods of soil analysis: microbial and biochemical properties. Madison: Soil Science Society of America, 1994, p.775-833.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Deisi Navroski, Graziela Moraes de Cesare Barbosa, Arnaldo Colozzi Filho, Adônis Moreira

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.