Incremento de carbono e melhoria física do solo em sistema de plantio direto de cebola

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v16i2a9017

Palavras-chave:

manejo conservacionista, cobertura do solo, qualidade do solo

Resumo

O sistema de plantio direto de hortaliças (SPDH) é uma maneira de conciliar produção e conservação do solo. O estudo foi conduzido no município de Alfredo Wagner – SC em 2017 sobre um Cambissolo Háplico. O objetivo da pesquisa foi avaliar atributos físicos e frações de carbono do solo em cultivo em SPDH consolidado de 10 anos em comparação ao plantio convencional (PC) com 30 anos e à mata nativa em condições de um Cambissolo Háplico. As avaliações foram o C orgânico total, densidade do solo (DS), porosidade total (PT), macroporos, microporos, estabilidade de agregados, resistência à penetração mecânica (RP) e infiltração de água no solo. O PC apresentou maior DS em relação ao SPDH, principalmente na camada de 5 a 10 cm, já a RP foi maior em SPDH, principalmente na camada de 5 a 10 cm, superando o limite crítico desta variável. Apesar disso, o SPDH apresentou maior infiltração acumulada de água e estabilização na infiltração aos 20 minutos. Na mata nativa a infiltração foi inferior a SPDH e os menores valores de infiltração constante ocorreram no PC desde o início do teste. O tratamento com SPDH demonstrou maior eficiência no armazenamento de carbono e agregação em relação ao PC, evidenciando condições estruturais favoráveis ao crescimento vegetal.

Downloads

Publicado

2021-06-28

Edição

Seção

Agronomia