Interação competitiva entre cultivares de soja e Sida rhombifolia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v16i2a8975

Palavras-chave:

guanxuma, habilidade competitiva, Glycine max L.

Resumo

A guanxuma (Sida rhombifolia), além de competir com a soja pelos recursos do meio causando redução da produtividade, é hospedeira da mosca branca, que transmite viroses. Objetivou-se avaliar a habilidade competitiva de cultivares de soja na presença de um biótipo de guanxuma, em diferentes proporções de plantas na associação. Os experimentos foram conduzidos em delineamento experimental completamente casualizado, com quatro repetições. Os competidores testados incluíram a guanxuma e quatro cultivares de soja nas proporções de 100:0; 75:25; 50:50; 25:75 e 0:100 cultura: planta daninha. Efetuou-se a analise da competitividade por diagramas aplicados a experimentos substitutivos, mais os indices de competitividade relativas. Aos 50 dias após a emergência das espécies, avaliou-se as variáveis altura, diâmetro de caule, área foliar e massa seca da parte aérea das plantas. Ocorreu competição entre as cultivares de soja na presença de guanxuma, independentemente da proporção de plantas, provocando reduções nas variáveis avaliadas. A competição interespecífica causa maiores prejuízos a todas as váriaveis estudadas do que a intraespecífica. Houve competição pelos mesmos recursos do meio entre a soja e a guanxuma.

Downloads

Publicado

2021-05-12

Edição

Seção

Agronomia