Fungos micorrízicos arbusculares e matéria orgânica do solo em sistema agroflorestal regenerativo análogo e pastagem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v16i2a8942

Palavras-chave:

glomalina, matéria orgânica leve, frações do carbono orgânico, diâmetro médio ponderado

Resumo

O estudo objetivou avaliar o impacto de um sistema agroflorestal regenerativo análogo (SAFRA) na comunidade de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs), na proteína do solo relacionada à glomalina - facilmente extraível (PSRG-FE), na matéria orgânica (MO) e na estabilidade de agregados comparado a uma área de pastagem. Além disso, avaliar as propriedades químicas, físicas e da MO que explicam a variação dos atributos microbiológicos do solo em tais áreas. O estudo foi conduzido em uma área de SAFRA e de pastagem. As amostras de solo foram coletadas na estação seca. Foram identificados 12 taxas de FMAs. A riqueza média (RM), correlacionou-se positivamente com o pH, Mg2+, soma de bases (SB) e umidade do solo. Tanto a riqueza média quanto a diversidade foram maiores no SAFRA. Na pastagem, foram maiores a abundância de esporos (AE) e PSRG-FE, sendo que ambas as variáveis se correlacionaram positivamente com a temperatura do solo, P, K+ e H+Al. A PSRG-FE também se correlacionou positivamente com o carbono orgânico total. A estabilidade de agregados foi maior no SAFRA, e os atributos da MO não variaram entre as áreas. Conclui-se que o SAFRA altera os atributos físicos e microbiológicos avaliados, e os atributos microbiológicos são influenciados pelo pH, Mg+2, K+, SB, P, H+Al, umidade do solo e COT.

Downloads

Publicado

2021-06-28

Edição

Seção

Agronomia