Desempenho agronômico de cultivares de feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp) sob aplicação de doses de calcário

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v16i2a8373

Palavras-chave:

produtividade de grãos, calagem, acidez do solo, componentes de produção

Resumo

A avaliação de manejos agrícolas, como a calagem, é essencial em regiões com solos ácidos para o incremento da produtividade das culturas agrícolas. Objetivou-se avaliar a fertilidade do solo, o desempenho agronômico e a qualidade dos grãos de cultivares de feijão-caupi sob aplicação de doses de calcário. O experimento foi conduzido em Argissolo Vermelho-Amarelo, com saturação por bases inicial de 26%, durante dois anos agrícolas. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados, em parcelas subdivididas, com quatro repetições. As parcelas foram compostas por cinco doses de calcário (0, 1, 2, 3 e 4 vezes a dose recomendada para atingir saturação por bases de 50%), e as subparcelas formadas por duas cultivares de feijão-caupi (BR 17 Gurgueia e BRS Guariba). As doses de calcário aplicadas, com poder relativo e neutralização total (PRNT) de 91%, foram de 0, 1,3, 2,6, 3,9 e 5,2 t ha-1. A calagem aumentou a fertilidade do solo, proporcionando a elevação do pH, cálcio, magnésio e saturação por bases e diminuição da acidez do solo. Doses de calcário entre 3,1 e 3,2 t ha-1 promovem a máxima produtividade de grãos da cultivar BR 17 Gurgueia e entre 3,3 e 3,4 t ha-1 na cultivar BRS Guariba, sendo atingido valores de saturação por base médios de aproximadamente 48 e 55%, respectivamente.

Downloads

Publicado

2021-04-29

Edição

Seção

Agronomia