Qualidade fisiológica de sementes de soja tratadas com fungicida e recobertas com polímeros - DOI: 10.5039/agraria.v7i2a1640

João Carlos Benatto Junior, Antonio Carlos Sousa Albuquerque Barros, Lizandro Ciciliano Tavares, Cassyo Araujo Rufino, Lilian Madruga Tunes, Geri Eduardo Meneghello

Resumo


O objetivo principal deste trabalho foi avaliar o efeito do recobrimento com polímeros e fungicida na qualidade de sementes de soja de alta e baixa germinação da cv. AG 7000. O revestimento foi realizado com duas marcas comerciais de polímeros, LABORSAN® e LANXESS® nas doses de 2,0 e 3,5 mL para cada kg de semente, com e sem mistura do fungicida Carbendazim + Thiram (firewalk®). A avaliação da qualidade das sementes foi realizada por meio do teste de germinação, germinação em substrato de areia e envelhecimento acelerado. O uso de polímeros na semente de soja proporciona sementes com boa aparência e coloração, podendo ser aplicado para diferenciar a semente do grão comercial. O fungicida e o polímero não prejudicam a qualidade fisiológica da semente de soja. Os resultados do polímero e fungicida são superiores no teste de envelhecimento acelerado, com maior percentual de germinação de sementes de soja em relação à testemunha.


Palavras-chave


Glycine max L. Merril.; film coating; tratamento de semente

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 João Carlos Benatto Junior, Antonio Carlos Sousa Albuquerque Barros, Lizandro Ciciliano Tavares, Cassyo Araujo Rufino, Lilian Madruga Tunes, Geri Eduardo Meneghello

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.