Fitossociologia de plantas daninhas na cultura do feijão - DOI:10.5039/agraria.v8i1a1849

Cássio Jardim Tavares, Adriano Jakelaitis, Bernardo Piccolo Moreira Rezende, Paulo César Ribeiro da Cunha

Resumo


Nesta pesquisa objetivou-se caracterizar a fitossociologia de plantas daninhas na cultura do feijão (Phaseolus vulgaris L.), cultivado nos períodos de outono-inverno (2010), primavera-verão (2010/2011) e verão-outono (2011) em Urutaí, GO. Foram efetuadas 144 amostragens na colheita dos feijoeiros por meio do lançamento, ao acaso, de um quadrado metálico de 0,25 m2. As espécies foram identificadas, contadas e pesadas e, em seguida, se calcularam as frequências, densidades e dominâncias, absolutas e relativas, o índice de valor de importância e a importância relativa (IR) das espécies. Foram identificadas 24 espécies distribuídas em 22 gêneros e em 8 famílias. A família mais representativa foi a Poaceae, seguida por Asteraceae, Euphorbiaceae, Solanaceae, Amaranthaceae, Commelineaceae, Convolvulaceae, Fabaceae e Cyperaceae. A Zea mays apresentou o maior IR, seguida por Cyperus rotundus na safra de outono-inverno, enquanto no período primavera-verão a espécie Ageratum conyzoides foi a mais importante. Digitaria horizontalis e Bidens pilosa foram, respectivamente, as espécies mais importantes nos feijoeiros cultivados na época de verão-outono.

Palavras-chave


comunidade infestante; ecofisiologia; Phaseolus vulgaris

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Cássio Jardim Tavares, Adriano Jakelaitis, Bernardo Piccolo Moreira Rezende, Paulo César Ribeiro da Cunha

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.