Culturas de cobertura com potencial alelopático sobre a emergência de Digitaria spp - DOI:10.5039/agraria.v6i2a1208

Pedro V. D. Moraes, Dirceu Agostinetto, Luis E. Panozzo, Gerson K. Vignolo, Leo S. Santos, Ezequiel de Oliveira

Resumo


As substâncias químicas liberadas pelos resíduos vegetais deixados sobre a superfície do solo têm comportamento diferenciado do que ocorre na incorporação. Objetivou-se com este estudo investigar os efeitos de diferentes níveis de palha de culturas de cobertura quando incorporadas ou mantidas na superfície do solo, sobre a emergência de Digitaria spp. (capim-colchão). O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos foram arranjados em esquema fatorial com os seguintes fatores: (A) - manejo das coberturas (incorporadas e na superfície do solo); (B) - culturas de cobertura de solo (canola, nabo-forrageiro, trevo-vesiculoso e azevém); e, (C) - níveis de palha (0; 1; 2; 4; 6 e 10 t.ha-1). Os índices de emergência de Digitaria spp. foram favorecidos pelos níveis crescentes de palha na superfície do solo. O aumento dos níveis de palha das culturas de cobertura incorporadas ao solo mostrou, em geral, uma tendência na redução das variáveis estudadas. As culturas de cobertura, em geral, pouco influenciaram na redução dos índices de emergência de Digitaria spp.


Palavras-chave


Alelopatia; Brassica napus; capim-colchão; cultura de cobertura; Lolium multiflorum; Raphanus sativus; Trifolium vesiculosum

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Pedro V. D. Moraes, Dirceu Agostinetto, Luis E. Panozzo, Gerson K. Vignolo, Leo S. Santos, Ezequiel de Oliveira

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.