Produção de frutas de tangerineira ‘Ponkan’ submetidas ao raleio químico - DOI:10.5039/agraria.v6i2a1190

Rodrigo Amato Moreira, José Darlan Ramos, Maria do Céu Monteiro da Cruz, Neimar Arcanjo de Araújo, Virna Braga Marques

Resumo


Informações sobre o comportamento produtivo e o desenvolvimento das frutas da tangerineira mediante a aplicação de fitorreguladores capazes de promover o raleio são fundamentais no intuito de se obter frutas dentro dos padrões exigidos pelo mercado. Este trabalho foi realizado com o objetivo de testar diferentes concentrações de Ethephon em tangerineiras ‘Ponkan' enxertadas sobre o limoeiro ‘Cravo', visando avaliar o percentual de raleio, o crescimento e a produção de frutas dentro e abaixo dos padrões comerciais. Foram testadas cinco concentrações de Ethephon: 0; 200; 400; 600 e 800 mg L-1, aplicadas quando as frutas estavam no estádio de desenvolvimento de 25 a 30 mm de diâmetro transversal. Obteve-se um percentual de 28,5 no raleio das plantas pulverizadas com a maior concentração de Ethephon. O raleio químico com a aplicação de Ethephon não alterou o rendimento da produção de tangerina ‘Ponkan' dentro dos padrões comerciais e reduziu a quantidade de frutas classificadas abaixo dos padrões comerciais. Devido à intensa abscisão foliar observada nas plantas com a aplicação de 800 mg L-1, a concentração de 600 mg L-1 de Ethephon foi considerada a mais adequada para promover o raleio de tangerina ‘Ponkan'.


Palavras-chave


Citrus reticulata; Ethephon; fitorreguladores

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Rodrigo Amato Moreira, José Darlan Ramos, Maria do Céu Monteiro da Cruz, Neimar Arcanjo de Araújo, Virna Braga Marques

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.