Determinação da massa seca, teor de nutrientes e cobertura do solo de espécies semeadas no outono-inverno - DOI:10.5039/agraria.v6i2a1136

Carlos Eduardo Madureira Barbosa, Edson Lazarini, Pedro Renan Ferreira Picoli, Samuel Ferrari

Resumo


Opções de culturas para o cultivo de outono-inverno são uma das dificuldades para os sistemas de produção em regiões de baixa pluviosidade. Objetivou-se estudar o efeito de diferentes épocas de semeadura sobre o rendimento de massa seca, teor nutricional da parte aérea e porcentagem de recobrimento do solo de plantas de cobertura do solo na entressafra: sorgo granífero, crotalária, milheto, braquiarão e uma área em pousio (vegetação espontânea). O experimento foi desenvolvido em condições de campo, em um Latossolo Vermelho-escuro, distrófico, textura argilosa, em Selvíria-MS. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com oito repetições, contendo duas épocas de semeadura e cinco tratamentos de cobertura. Quando a cultura do sorgo semeada na primeira época atingiu o ponto de colheita, avaliou-se o rendimento de massa seca nos demais tratamentos. Pelos resultados obtidos, conclui-se que a semeadura no mês de março proporciona maior produção de massa seca e maior porcentagem de cobertura do solo nas espécies estudadas. A Brachiaria brizantha, na 1ª época de semeadura, apresenta maior produção de massa seca e extração de macronutrientes.


Palavras-chave


Brachiaria brizantha; Crotalaria juncea; palha; Pennisetum americanum; Sorghum bicolor

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Carlos Eduardo Madureira Barbosa, Edson Lazarini, Pedro Renan Ferreira Picoli, Samuel Ferrari

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.