Efeito da utilização de biofertilizante bovino na produção de mudas de pimentão irrigadas com água salina - DOI:10.5039/agraria.v6i2a1069

José Adeilson Medeiros Nascimento, Lourival Ferreira Cavalcante, Petrônio Donato dos Santos, Sherly Aparecida da Silva, Montesquieu da Silva Vieira, Ademar Pereira de Oliveira

Resumo


Um experimento foi realizado no período de dezembro de 2008 a fevereiro de 2009, para avaliar os efeitos da utilização de biofertilizante bovino na produção de mudas de pimentão (Capsicum annuum L.), cv. All Big, irrigadas com água salina. Os tratamentos foram distribuídos em blocos casualizados, usando o esquema fatorial 5 × 2, correspondente a cinco níveis de condutividade elétrica da água de irrigação (0,3; 1,5; 2,5; 3,5 e 4,5 dS m-1), e dois substratos, sem e com biofertilizante. A irrigação foi feita baseada no processo de pesagem, fornecendo-se diariamente o volume de cada tipo de água evapotranspirada, de modo a elevar o solo ao nível da capacidade de campo. Foram avaliados o índice de velocidade de emergência, porcentagem de plântulas normais emergidas, crescimento em altura e diâmetro do caule, comprimento da raiz principal, biomassa seca de raízes e da parte aérea e condutividade elétrica do extrato de saturação do substrato. O aumento da salinidade da água de irrigação provocou expressivas perdas na emergência e no crescimento das plantas, mas os declínios foram inferiores nos tratamentos com o biofertilizante. No substrato, a condutividade elétrica foi elevada em função do aumento na concentração de sais da água de irrigação, porém em menor proporção nos tratamentos com o insumo orgânico. Mudas de pimentão irrigadas com água salina em solo sem biofertilizante não apresentam qualidade adequada para transplante no campo. Nos tratamentos com biofertilizante bovino e irrigação com águas salinas de condutividade elétrica até 3 dS m-1, as mudas revelaram-se adequadas para o transplante.


Palavras-chave


Capsicum annuum L.; insumo orgânico; salinidade da água

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 José Adeilson Medeiros Nascimento, Lourival Ferreira Cavalcante, Petrônio Donato dos Santos, Sherly Aparecida da Silva, Montesquieu da Silva Vieira, Ademar Pereira de Oliveira

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.