Composição bromatológica da silagem de capim-elefante com diferentes proporções de casca desidratada de maracujá (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa) - DOI:10.5039/agraria.v5i3a853

Braulio Crisanto Carvalho da Cruz, Cristiane Leal dos Santos-Cruz, Aureliano Jose Vieira Pires, Jefferson Bomfim Rocha, Suely Bomfim dos Santos, Milena Patricia Viana Bastos

Resumo


Avaliou-se a composição bromatológica das silagens de capim-elefante contendo diferentes níveis de inclusão (0; 10; 20 e 30%) de casca de maracujá desidratada - CMD - na matéria natural do capim-elefante, em um delineamento inteiramente casualizado, com 8 repetições. A gramínea foi cortada aos 60 dias de idade, triturada e ensilada juntamente com as proporções de CMD de cada tratamento. Após 30 dias, os silos foram abertos. Observou-se que a inclusão da CMD aumentou linearmente os teores de Matéria Seca (MS) (23,2; e 41,8 para os tratamentos 0 e 30%, respectivamente), favorecendo uma melhor fermentação da silagem, assim como os teores de Proteína Bruta (PB) (5,4; 8,5; 10,2 e 11,9) e CNF (P<0,005). Os teores de Fibra em Detergente Neutro (FDN), Fibra em Detergente Ácido (FDA), Hemicelulose (HEM) e Celulose (CEL) foram reduzidos, indicando que a casca de maracujá desidratada pode ser utilizada em até 30% de inclusão na silagem de capim-elefante.


Palavras-chave


composição química; ensilagem; subprodutos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Braulio Crisanto Carvalho da Cruz, Cristiane Leal dos Santos-Cruz, Aureliano Jose Vieira Pires, Jefferson Bomfim Rocha, Suely Bomfim dos Santos, Milena Patricia Viana Bastos

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.