Resposta do meloeiro, cultivado em um Neossolo Quartzarênico, a fontes e doses de fósforo - DOI:10.5039/agraria.v5i3a599

Francisco Nildo Silva, Sandra Sely Silveira Maia

Resumo


O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito de diferentes fontes e doses de adubos fosfatados sobre o teor de nutrientes na cultura do melão, cultivado em um Neossolo Quartzarênico Órtico latossólico, continuamente fertilizado, da Chapada do Apodi, Estado do Rio Grande do Norte. O estudo foi realizado em uma área experimental da empresa Agrícola Cajazeira, localizada no município de Icapui-CE, em 2002. Os tratamentos constaram da aplicação de doses crescentes de fósforo (0, 80, 160, 240 e 320 kg ha-1 P2O5) nas fontes: 1) Fosfato Natural Gafsa-GF (Tunísia); 2) Fosfato Natural Fosbahia-FB (Brasil); 3) Superfosfato Simples-SS; e 4) Superfosfato Triplo-ST. A planta teste utilizada foi o melão amarelo, híbrido Gold Mine. Os teores de fósforo nas amostras do solo variaram de 105 a 147 mg dm-3. No experimento foi empregado o delineamento Split block (ou experimento em faixas). Foram avaliados os tecidos da parte aérea, sendo verificados os teores de N, P, K, Ca, Mg, S, Na, Fe, Zn, Mn e Cu do pecíolo e limbo foliar. Concluiu-se que a utilização de fontes naturais, como fosbahia e o gafsa, em Neossolo Quartzarênico Órtico latossólico, continuamente fertilizado, é uma alternativa viável em relação às fontes bastante solúveis, como superfosfatos simples e triplo. A aplicação de altos níveis de adubações fosfatadas em Neossolo Quartzarênico Órtico latossólico, continuamente fertilizado, leva a correlações negativas entre os teores de Mg e Ca na folha e a produtividade do meloeiro.


Palavras-chave


Chapada do Apodi; Cucumis melo; fertilização; fosfato natural

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Francisco Nildo Silva, Sandra Sely Silveira Maia

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.