Germinação do amendoim bravo (Pterogyne nitens Tul) para utilização na recuperação de áreas degradadas - DOI: 10.5039/agraria.v3i1a182

Mário J. C. Santos, Ana V. S. Nascimento, Rodiney A. Mauro

Resumo


A espécie Pterogyne nitens Tul. pertence à família Leguminoseae - Caesalpinoideae, comumente conhecida como Amendoim Bravo; ocorre naturalmente entre as latitudes 06oS a 28o, é uma espécie secundária inicial, comportando-se como pioneira; ocorre em sítios arenosos e degradados e em solos de baixa fertilidade natural, é recomendada para plantios em reposição de matas ciliares em locais com inundações periódicas de rápida duração e recomposição e restauração de áreas degradadas.O estudo teve como objetivo definir o tipo de substrato e a temperatura mais adequada à germinação de sementes do Amendoim Bravo (Pterogyne nitens Tul) para servirem como espécie potencial na recuperação de áreas degradadas. Avaliaram-se os seguintes substratos: vermiculita, solo esterilizado e papel de filtro, nas temperaturas constantes de 20, 25, 30, e 35°C e alternada de 20-30°C no período de oito horas. O delineamento estatístico empregado foi o inteiramente casualizado (5 x 3), com quatro repetições de 100 sementes. A porcentagem de germinação e a velocidade de germinação, foram analisadas. Obtiveram-se os melhores resultados nas temperaturas constantes de 25, 30 e 35°C, e nos substratos vermiculita e solo.

Palavras-chave


Recomposição vegetal; uso do solo; crescimento

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Mário J. C. Santos, Ana V. S. Nascimento, Rodiney A. Mauro

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.