Composição mineral de folhas da goiabeira Paluma em função da adubação sulfato-nitrogenada - DOI: 10.5039/agraria.v3i1a154

Ítalo H. L. Cavalcante, Gerônimo F. Silva, Lourival F. Cavalcante, Djail Santos, Márkilla Z. Beckmann-Cavalcante

Resumo


A determinação dos níveis corretos de nutrientes a serem fornecidos às plantas cultivadas, é fundamental para obtenção de produtividades elevadas, especialmente para a goiabeira, frutífera importante para o Brasil, cuja fertilização ainda é feita de forma empírica. Neste sentido, foram avaliados os efeitos de doses de sulfato de amônio (0; 1,25; 2,5; 3,9 e 5,0 kg ha-1), aplicadas via água de irrigação, na composição mineral de folhas da goiabeira (Psidium guajava L., cv. Paluma). O experimento foi desenvolvido no município de Remígio, Paraíba, com cinco tratamentos distribuídos em delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro repetições. Aos 22 dias após o transplantio, as plantas se apresentaram adequadamente equilibradas em N, Mg, S, Fe, Mn e Zn mas deficientes em Ca, B e Cu. O potássio não foi adequadamente suprido apenas para a testemunha enquanto o fósforo foi suficiente só na dose de 3,90 kg.ha-1. Os suprimentos de N e S afetaram os teores foliares de N, P, K, Ca, Mg, Fe e Mn, porém não influenciaram os teores de B, Cu e Zn.

Palavras-chave


Psidium guajava L.; composição mineral; sulfato de amônio

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Ítalo H. L. Cavalcante, Gerônimo F. Silva, Lourival F. Cavalcante, Djail Santos, Márkilla Z. Beckmann-Cavalcante

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.