Engaço da uva na fabricação de compósitos - DOI:10.5039/agraria.v13i1a5503

Talita Baldin, Amanda Grassmann da Silveira, Maiara Talgatti, Elio José Santini, José Newton Cardoso Marchiori

Resumo


O presente estudo tem como objetivo verificar a possibilidade de utilização do engaço da uva na fabricação de compósitos. Foram utilizadas três diferentes proporções de madeira de pinus (Pinus eliottii) e engaço da uva, colados com adesivo ureia-formaldeído. A avaliação da qualidade dos compósitos compreendeu na determinação das propriedades físicas: teor de umidade; densidade; absorção de água e inchamento em espessura, após 2 e 24 h de imersão e das propriedades mecânicas: flexão estática; arrancamento de parafusos e dureza Janka. Foram confeccionadas lâminas histológicas para visualização anatômica das partículas e análises em microscopia eletrônica de varredura (MEV) para verificação da colagem nos compósitos.  As propriedades físicas e mecânicas foram afetadas negativamente pela adição de partículas de engaço da uva. Os resultados podem ser atribuídos ao engaço possuirem sua constituição anatômica grande parte de células medulares, quando comparado às partículas de madeira. Do modo que a pesquisa foi conduzida é inviável o uso de engaço da uva para produção de compósitos.

Palavras-chave


propriedades físico-mecânicas; resíduos; ureia-formaldeído

Texto completo:

PDF (English)

Referências


American National Standards Institute. ANSI A280. 1. Mat formed wood particleboard: specifications. Gaithersburg: National Particleboards Association, 2009. 9p.

American Society for Testing and Materials. ASTM D1037-12. Standard test methods for evaluating properties of wood-based fiber and particle panel materials. Annual Book of ASTM Standards. Philadelphia: ASTM, 2012.

Brazilian Association of Technical Standards - ABNT NBR 14810: painéis de madeira de média densidade. Rio de Janeiro: ABNT, 2013.

Baldin, T.; Silveira A.G.;Vidrano, B.R.A.; Cancian, L.C.; Spatt, L.L.; Haselein, C.R.Qualidade de painéis aglomerados produzidos com diferentes proporções de madeira e capim-annoni. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v.11, n.3, p.230-237, 2016. https://doi.org/10.5039/agraria.v11i3a5376.

Burger, M.L.; Richter, H.G. Anatomia da madeira. São Paulo: Nobel, 1991.

Carvalho, A.G.; Andrade, B.G.; Cabral, C.P.T.; Vital, B.R. Efeito da adição de resíduos de poda da erva-mate em painéis aglomerados. Revista Árvore, v.39, n.1, p.209-214, 2015. https://doi.org/10.1590/0100-67622015000100020.

Commercial Standard. CS 236:66. Mat formed wood particleboard, 1968.

European Standard. EN 312. Particleboards – Specifications, 2003.

Gatani, M.; Fiorelli, J.; Medina, J.; Arguello, R.; Ruiz, A.; Nascimento, M.; Savastano, H. Viabilidade técnica de produção e propriedades de painéis de partículas de casca de amendoim. Revista Matéria, v.18, n.2, p.1286-1293, 2013. https://doi.org/10.1590/S1517-70762013000200004.

Grigoriou, A.; Ntalos, G. The potential use of Ricinus communis L. (Castor) stalks as a lignocellulosic resource for particleboards. Industrial Crops and Products, v.13, n.3, p.209-218, 2001. https://doi.org/10.1016/S0926-6690(00)00078-9.

Hua, L.S.; Ashaari, Z.; Chen, L.W.; San, H.P; Peng, T.L.; Jinn, C.M.; Chai, Wen, E.; Ling, C. K. Properties of particleboard with oil palm trunk as core layer in comparison to three-layer rubberwood particleboard. Journal of Oil Palm Research, v.27, n.1, p.67-74, 2015. http://jopr.mpob.gov.my/properties-of-particleboard-with-oil-palm-trunk-as-core-layer-in-comparison-to-three-layer-rubberwood-particleboard/?v=true. 10 Jul. 2017.

Liao, R.; Xu, J.; Umemura, K. Low density sugarcane bagasse particleboard bonded with citric acid and sucrose: Effect of board density and additive contente. BioResources, v.11, n.1, p.2174-2185, 2016. https://doi.org/10.15376/biores.11.1.2174-2185.

Machado, N.A.F.; Furtado, M.B.; Parra-Serrano, L.J.; Maia Parente, M.O.; Fiorelli, J.; Savastano Júnior, H. Painéis aglomerados fabricados com resíduos do coco babaçu. Agrária - Revista Brasileira de Ciências Agrárias. v.12, n.2, p.202-209, 2017. https://doi.org/10.5039/agraria.v12i2a5434.

Mello, L.M.R. Vitivinicultura Brasileira: Panorama 2014. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2015. 6 p. (Embrapa Uva. Comunicado Técnico, 175).

Melo, R.R.; Santini, E.J.; Haselein, C.R.; Stangerlin, D.M.; Muller, M.T.; Del Menezzi, C.H.S. Avaliação das propriedades físico-mecânicas de painéis aglomerados de Eucalyptus grandis colados com ureia-formaldeído e tanino-formaldeído. Floresta, v.40, n.3, p.497-506, 2010. https://doi.org/10.5380/rf.v40i3.18911.

Mendes, J.; Lopes, S.; Prozil, S.; Evtuguin, D.; Cruz-Lopes, L. Caracterização química do folhelho branco e do folhelho tinto proveniente de castas típicas da região do Dão. Millenium, v. 46, p. 19-32, 2014. http://revistas.rcaap.pt/millenium/article/view/8139. 28 Jul. 2017

Ntalos, G.A.; Grigoriou, A.H. Characterization and utilisation of vine prunings as a wood substitute for particleboard production. Industrial Crops and Products, v.16, n.1,p.59-68, 2002. https://doi.org/10.1016/S0926-6690(02)00008-0.

Ping, L.; Brosse, N.; Sannigrahi, P.; Ragauskas, A. Evaluation of grape stalks as a bioresource. Industrial crops and products, v.33, n.1, p.200-204, 2011.https://doi.org/10.1016/j.indcrop.2010.10.009.

Protásio, T.D.P.; Mendes, R.F.; Scatolino, M.V.; Mendes, L.M.; Trugilho, P.F.; Melo, I.C.N.A.D. Estabilidade térmica de painés aglomerados de bagaço de cana-de-açucar e madeira de Pinus spp. Scientia Forestalis, v.43, n.107, p.683-691, 2015. http://www.ipef.br/publicacoes/scientia/leitura.asp?Article=20&Number=107&p=n. 22 Jul. 2017.

Prozil, S.O.; Evtuguin, D.V.; Lopes, L.P.C. Chemical composition of grape stalks of Vitis Vinifera L. from red grape pomaces. Industrial Crops and Products, v.35, n.1, p.178-184, 2012. https://doi.org/10.1016/j.indcrop.2011.06.035.

Prozil, S.O.; Mendes, J.A.; Evtuguin, D.V.; Cruz Lopes, L.P. Caracterização química e estrutural do engaço da uva e avaliação do seu potencial como matéria-prima lenhocelulósica. Millenium, v.44, p.23-40, 2013. http://revistas.rcaap.pt/millenium/article/view/8165. 28 Jul. 2017.

Schurg, W.A.; Reed, J.P.; Reid, B.L. Utilization of various fruit pomace products by growing rabbits. Nutrition Reports International, v.21, p.55-62, 1980. http://agris.fao.org/agris-search/search.do?recordID=US8020412.

Soratto, D.N.;Cunha, A.B.; Vital, B.R.; Carneiro, A.D.C.O.;Costa, F.R. Efeitos da adição de cavaco com casca na qualidade de painéis mdp produzidos com Eucalyptus sp. Revista Ciência da Madeira,v. 4, n. 1, p.46-59, 2013. https://doi.org/10.12953/2177-6830.v04n01a04.

Spigno, G.; Pizzorno, T.; De Faveri, D. M. Cellulose and hemicelluloses recovery from grape stalks. Bioresource Technology, v.99, n.10, p.4329-4337, 2008. https://doi.org/10.1016/j.biortech.2007.08.044.

Trianoski, R.; Rezende, A. P. ; Iwakiri, S. ; Matos, J. L. M. ; Bonduelle, G. M. . Incorporação de Grevillea robusta na produção de painéis aglomerados de Pinus. Floresta e Ambiente, v. 23, p. 278-285, 2016. http://doi.org/10.1590/2179-8087.141515.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Talita Baldin, Amanda Grassmann da Silveira, Maiara Talgatti, Elio José Santini, José Newton Cardoso Marchiori

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.