Modelagem matemática das curvas de secagem de grãos de feijão carioca - DOI:10.5039/agraria.v11i3a5377

Pâmella de Carvalho Melo, Ivano Alessandro Devilla, Jordana Moura Caetano, Vanesa Beny da Silva Xavier Reis, Arlindo Modesto Antunes, Mateus Morais Santos

Resumo


Este trabalho visa caracterizar a cinética de secagem de feijão carioca, cultivar BRS Estilo e Canadense e ajustar diferentes modelos matemáticos. O produto foi submetido à secagem em estufa nas temperaturas de 35, 55 e 65 ºC. Amostras foram colocadas em bandejas de metal com fundo telado, em três repetições. Durante o processo de secagem, as bandejas com as amostras foram pesadas periodicamente, até que atingisse a massa constante. Os dados foram ajustados a modelos matemáticos, utilizando o software Statistica 12.0, e os parâmetros para selecionar o melhor modelo foram: o coeficiente de determinação ajustado, o erro médio relativo e o erro médio estimado. O tempo necessário para a cultivar BRS Estilo atingir a massa constante foi de 58,33; 48,83 e 21,58 h, para 35, 55 e 65 °C, respectivamente, o modelo matemático Midilli foi o recomendado para modelar o processo de secagem nas temperaturas 35 e 65 °C e, o modelo Aproximação da difusão foi o recomendado para a temperatura de 55 °C. Para a cultivar Canadense o tempo necessário para atingir o equilíbrio higroscópico foi de 57,42; 46,00 e 20,91 h, para 35, 55 e 65 °C, respectivamente, o modelo mais recomendado na temperatura de 35 °C foi o modelo Midilli e para as temperaturas de 55 e 65 °C o modelo Thompson.


Palavras-chave


cinética de secagem, Phaseolus vulgaris (L.), pós-colheita

Texto completo:

PDF

Referências


Almeida, D.P.; Resende, O.; Costa, L.M.; Mendes, U.C.; Sales, J.F. Cinética de secagem do feijão adzuki (Vigna angularis). Global Science and Technology, v.2, n.1, p.72-83, 2009. http://rv.ifgoiano.edu.br/periodicos/index.php/gst/article/view/26/25. 14 Dez. 2014.

Andrade, E.T.; Corrêa, P.C.; Teixeira, L.P.; Pereira, R.G.; Calomeni, J.F. Cinética de secagem e qualidade de sementes de feijão. Engevista, v.8, n.1, p.83-95, 2006. http://www.uff.br/engevista/seer/index.php/engevista/article/view/195/98. 14 Dez. 2014.

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Brasília, DF: Mapa/ACS, 2009. 395p.

Brooker, D.B.; Bakker-Arkema, F.W.; Hall, C.W. Drying and storage of grains and oilseeds. Westport: The AVI Publishing Company, 1992. 450p.

Corrêa, P.C.; Resende, O.; Martinazzo, A.P.; Goneli, A.L.D.; Botelho, F.M. Modelagem matemática para a descrição do processo de secagem do feijão (Phaseolus vulgaris L.) em camadas delgadas. Engenharia Agrícola, v.27, n.2, p.501-507, 2007. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69162007000300020.

Costa, L.M.; Resende, O.; Sousa, K.A.; Gonçalves, D.N. Coeficiente de difusão efetivo e modelagem matemática da secagem de sementes de crambe. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 15, n. 10, p. 1089-1096, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662012000500014.

Faria, R.Q.; Teixeira, I.R.; Devilla, I.A.; Ascheri, D.P.; Resende, O. Cinética de secagem de sementes de crambe. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 16, n. 5, p. 573-583, 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662012000500014.

Farinelli, R.; Lemos L.B. Produtividade, eficiência agronômica, características nutricionais e tecnológicas do feijão adubado com nitrogênio em plantio direto e convencional. Bragantia, v.69, n.1, p.165-172, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052010000100021.

Goneli, A.L.D.; Vieira, M.C.; Vilhasanti, H.D.C.B.; Gonçalves, A.A. Modelagem matemática e difusividade efetiva de folhas de aroeira durante a secagem. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 44, n. 1, p. 56-64, 2014. http://dx.doi.org/10.1590/S1983-40632014000100005.

Kashaninejad, M.; Mortazavi, A.; Safekordi, A.; Tabil, L.G. Thin-layer drying characteristics and modeling of pistachio nuts. Journal of Food Engineering, v.78, n.1, p.98-108, 2007. http://dx.doi.org/10.1016/j.jfoodeng.2005.09.007.

Madamba, P.S.; Driscoll, R.H.; Buckle, K.A. Thin-layer drying characteristcs of garlic slices. Journal of Food Engineering, v.29, n.1, p.75-97, 1996. http://dx.doi.org/10.1016/0260-8774(95)00062-3.

Morais, S.J. da S.; Devilla, I.A.; Ferreira, D.A.; Teixeira, I.R. Modelagem matemática das curvas de secagem e coeficiente de difusão de grãos de feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.). Revista Ciência Agronômica, v.44, n.3, p.455-463, 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S1806-66902013000300006.

Prates, M.F.O.; Reis, R.D.; Devilla, I.A.; Faria, R.Q.; Lima Junior, A.F. Cinética de secagem de folhas de Solanum lycocarpum A. St.-Hil. (fruta-de-lobo). Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 14, n. 3, p. 514-521, 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722012000300014 .

Radünz, L.L.; Amaral, A.D.; Mossi, A.J.; Melo, E.D.C.; Rocha, R.P. Avaliação da cinética de secagem de carqueja. Engenharia na Agricultura, v. 19, n. 1, p.19-27, 2011. http://www.secagemplanta.net/artigos/2011-artigo1.pdf14 Dez. 2014.

Reis, R.C.; Devilla, I.A.; Ascheri, D.P.; Servulo, A.C.; Souza, A.B. Cinética de secagem de folhas de manjericão (Ocimus basilicum L.) via infravermelho. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 16, n. 12, p. 1346-1352, 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662012001200012 .

Resende, O.; Almeida, D.P.; Costa, L.M.; Mendes, U.C.; Sales, J.F. Adzuki beans (Vigna angularis) seed quality under several drying conditions. Food Science and Technology, v.32, n.1, p.151-155, 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612012005000013.

Resende, O.; Arcanjo, R.V.; Siqueira, V.C.; Rodrigues, S. Modelagem matemática para a secagem de clones de café (Coffea canephora Pierre) em terreiro de concreto. Acta Scientiarum. Agronomy, v.31, n.2, p.189-196, 2009. http://dx.doi.org/10.4025/actasciagron.v31i2.588.

Resende, O.; Ferreira, L.U.; Almeida, D.P. Modelagem matemática para descrição da cinética de secagem do feijão adzuki (Vigna angularis). Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, v.12, n.2, p.171-178, 2010. http://www.deag.ufcg.edu.br/rbpa/rev122/Art1228.pdf. 14 Dez. 2014.

Sousa, M.B.; Pedroza, J.P.; Beltrão, N.E. de M.; Severino, L.S.; Dantas, F.P. Cinética de secagem do farelo de mamona. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, v.8, n.2, p.135- 146, 2006. http://www.deag.ufcg.edu.br/rbpa/rev82/Art826.pdf . 14 Dez. 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Pâmella de Carvalho Melo, Ivano Alessandro Devilla, Jordana Moura Caetano, Vanesa Beny da Silva Xavier Reis, Arlindo Modesto Antunes, Mateus Morais Santos

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.