Controle de <i>Meloidogyne javanica</i> em feijão-caupi com aplicação de silício

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v17i3a2566

Palavras-chave:

controle alternativo, nematoides das galhas, silicato de sódio, Vigna unguiculata

Resumo

O cultura do feijão-caupi (Vigna unguiculata (L) Walp) pode sofrer perdas significativas devido ao ataque de Meloidogyne javanica. O controle mais efetivo é através de nematicidas, no entanto, é um tratamento caro, assim tem-se buscado medidas alternativas. Logo, objetivou-se avaliar o efeito do silício no controle de M. javanica em plantas de feijão-caupi. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5 × 2 + 1, sendo: cinco doses de Si (0, 60, 120, 180 e 240 mg dm-3), duas fontes solúveis de Si (Quimifol Silício® e silicato de sódio P.A.), mais um tratamento adicional constituído pelo cultivo do tomateiro em solo sem adição de Si e com nematoides, com quatro repetições. Sessenta dias após inoculação nas plantas, os sistemas radiculares foram coletados e avaliado: volume, comprimento e massa fresca das raízes, índice de galhas, índice de massa de ovos, fator de reprodução, índice de reprodução e redução do fator reprodutivo de M. javanica. As fontes de silício nas diferentes doses tiveram efeito positivo para as variáveis radiculares. Também foram capazes de reduzir as variáveis de parasitismo de M. javanica em plantas de feijão-caupi.

Downloads

Publicado

2022-09-22

Edição

Seção

Agronomia