Tamanho ótimo de parcela em cultivo solteiro e consorciado de sorgo e crotalária spectabilis

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v17i3a1492

Palavras-chave:

Crotalaria spectabilis Roth., dimensionamentos experimentais, cultura de cobertura de solo, Sorghum bicolor (L.) Moench.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi determinar o tamanho ótimo de parcela para avaliar a produtividade de matéria fresca de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) e crotalária spectabilis (Crotalaria spectabilis Roth.). Foram realizados quinze ensaios de uniformidade (experimentos em branco) com sorgo e crotalária spectabilis, em cultivo solteiro e consorciado. Foi avaliada a produtividade de matéria fresca em 540 unidades experimentais básicas (UEB) de 1 × 1 m (15 ensaios × 36 UEB por ensaio). Foi determinado o tamanho de parcela, por meio do método de Hatheway (1961), em cenários formados por combinações de números de tratamentos, números de repetições e níveis de precisão experimental. Para avaliar a produtividade de matéria fresca de sorgo e crotalária spectabilis, em cultivo solteiro ou consorciado, com 5 a 30 tratamentos e com cinco repetições, parcelas de 10 m² de área útil são suficientes para que diferenças entre tratamentos de 24% da média geral do experimento sejam consideradas significativas a 0,05 de probabilidade.

Downloads

Publicado

2022-09-26

Edição

Seção

Agronomia