Produtividade do colmo principal e perfilhos de arroz em função do fracionamento da adubação nitrogenada

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v17i2a343

Palavras-chave:

germinação, nitrogênio, Oryza sativa L., perfilhamento

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar a contribuição do colmo principal e dos perfilhos na produtividade de grãos de arroz irrigado e na qualidade fisiológica das sementes em função de fracionamentos da adubação nitrogenada em cobertura. Os tratamentos consistiram em cinco fracionamentos de nitrogênio (N) em cobertura: 50% da dose em V3 e 50% em R0; 67% em V3 e 33% em R0; 60% em V3, 20% em V6 e 20% em R0, 100% em V3 e um controle sem aplicação de N em cobertura. Foi realizada a colheita da panícula do colmo principal e de cada classe de perfilho, sendo avaliada a produtividade de grãos, os componentes do rendimento e a qualidade fisiológica das sementes. A produtividade de grãos e a qualidade fisiológica de sementes são influenciadas pelas classes de panículas, sendo maiores na panícula do colmo principal. Os manejos de N de 67% em V3 e 33% em R0; 60% em V3, 20% em V6 e 20% em R0 e 100% em V3, promovem maior produtividade de grãos e número de grãos por panícula. A massa de mil grãos, esterilidade de espiguetas e a qualidade fisiológica de sementes não são influenciadas pelos fracionamentos da adubação nitrogenada em cobertura.

Downloads

Publicado

2022-05-02

Edição

Seção

Agronomia