Capim elefante, uma planta forrageira tropical para corte e pastejo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v16i3a9317

Palavras-chave:

forragem, melhoramento, pastagem, silagem

Resumo

O capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum. sin. Cenchrus purpureus) é uma das mais importantes plantas forrageiras, sendo cultivado em quase todas as regiões tropicais e subtropicais do globo devido ao seu elevado potencial de produção de forragem, valor nutritivo, aceitabilidade por diferentes categorias e espécies de animais, vigor e persistência. O capim elefante também enorme potencial para produção de biomassa energética e outras formas de uso não forrageiro. O objetivo deste trabalho foi revisar o conhecimento atual sobre o cultivo e uso do capim elefante, principalmente como pastagem e na forma de silagem. O estudo também descreve as principais características morfológicas, genéticas e citogenéticas, bem como os métodos e estratégias para obtenção de cultivares melhoradas. O desenvolvimento de cultivares melhoradas de porte baixo, específicas para pastejo, e de elevado potencial produtivo, para ensilagem, tem resultado no aumento de interesse pelo cultivo dessa forrageira na produção de carne e leite.

Downloads

Publicado

2021-08-30

Edição

Seção

Zootecnia