Estágios fenológicos da goiabeira ‘Paluma’ em região de clima subtropical de acordo com a escala BBCH

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v16i3a177

Palavras-chave:

graus-dia, poda de frutificação, fenologia, Psidium guajava

Resumo

Na região da Serra da Mantiqueira, onde ocorre o clima subtropical de altitude, o cultivo da goiaba é voltado para a agricultura de subsistência. Nesta região, ainda não há uma descrição do ciclo fenológico da goiabeira nem a definição das épocas de poda de frutificação mais adequadas. Portanto, o objetivo do estudo foi caracterizar a fenologia do desenvolvimento reprodutivo da goiabeira da cultivar Paluma em duas épocas de poda de frutificação (junho e agosto) e determinar as exigências de graus-dia da cultivar nas condições de clima subtropical de altitude. Por meio da escala geral BBCH associada ao código de Fleckinger tradicional, foi possível observar a duração dos diferentes estágios fenológicos. A duração do ciclo fenológico, da poda à colheita dos frutos, foi de 249 dias para as plantas podadas em junho e de 224 dias para as plantas podadas em agosto. O acúmulo de unidades de calor de B1:01 a J:81 não variou significativamente entre as épocas de poda. A poda das plantas em agosto proporciona floração precoce e ciclo fenológico mais curto.

Downloads

Publicado

2021-08-30

Edição

Seção

Agronomia