Trichoderma spp. e seus efeitos na qualidade fisiológica das sementes e no desenvolvimento de mudas de mogno africano

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v15i1a5843

Palavras-chave:

tratamento biológico, sementes florestais, fungos, promoção de crescimento, Khaya ivorensis

Resumo

Trichoderma é um fungo benéfico que pode ser utilizado tanto no controle de fitopatógenos como na promoção da germinação e do crescimento de plantas. Assim, objetivou-se avaliar o efeito de cinco isolados de Trichoderma (T09, T12, T52, Tc e Tce), em sete modos de aplicação, sobre sementes e mudas de Khaya ivorensis A. Chev. (mogno africano). Foram testadas aplicações dos fungos via microbiolização das sementes, no substrato pré-plantio, em aplicações mensais nas mudas e, em quatro combinações desses três tratamentos. Em condições de laboratório foram avaliados a germinação, índice de velocidade de germinação (IVG) e, o comprimento da radícula e hipocótilo, em sementes tratadas e não tratadas com Trichoderma. Em viveiro, avaliou-se altura, diâmetro do coleto, número de folíolos, comprimento da raiz e, a massa seca da parte aérea e sistema radicular em mudas com as diferentes formas de aplicação de Trichoderma. Os isolados de Trichoderma não influenciaram a porcentagem de germinação, o IVG e o comprimento da radícula. Os modos de aplicação dos fungos avaliados nas mudas de K. ivorensis aumentaram a altura e o número de folíolos das plantas, por pelo menos um dos isolados de Trichoderma testado neste trabalho.

Downloads

Publicado

2021-03-01

Edição

Seção

Ciências Florestais