Níveis de oferta de pós-larvas de tilápia do Nilo para alevinos de pacamã (Lophiosilurus alexandri) - DOI:10.5039/agraria.v5i1a602

Fábio Meurer, Samira Teixeira Leal Oliveira, Lilian Dena dos Santos, Jéferson Santino de Oliveira, Leda Maria Saragiotto Colpini

Resumo


 O presente trabalho objetivou o estudo do nível de fornecimento de pós-larvas de tilápia do Nilo Oreochromis niloticus Linnaeus, 1758, como alimento vivo por alevinos de pacamã Lophiosilurus alexandri Steindachner, 1876. Doze alevinos de pacamã de uma mesma desova (397 ± 39 mg e 30 dias) foram distribuídos num delineamento inteiramente casualizado com três tratamentos e quatro repetições, por um período de 29 dias. Os tratamentos foram níveis de oferta de biomassa de pós-larvas de tilápia do Nilo, na proporção de 30, 60 e 95% do peso vivo dos alevinos de pacamã. Os alevinos foram pesados e medidos semanalmente, para a adequação do fornecimento do alimento vivo. Diariamente (16:00h), as pós-larvas do alimento vivo eram contadas e repostas. Ao final do experimento todos os peixes foram utilizados para avaliação das variáveis de desempenho. Foi observada uma diminuição linear (P<0,01) do peso vivo final, comprimento final e o peso da carcaça com e sem cabeça dos alevinos de pacamã quando do aumento da oferta de biomassa de alimento vivo. Houve um aumento linear (P<0,01) na conversão alimentar com o aumento da oferta de alimento vivo. A percentagem de carcaça com e sem cabeça, não foram influenciadas pelos tratamentos (P>0,05). Pós-larvas de tilápia do Nilo são adequadas para a alimentação de alevinos de pacamã, sendo recomendado o fornecimento em um nível de 30% do seu peso vivo.


Palavras-chave


Manejo alimentar, peixe carnívoro, peixe nativo, Rio São Francisco

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Fábio Meurer, Samira Teixeira Leal Oliveira, Lilian Dena dos Santos, Jéferson Santino de Oliveira, Leda Maria Saragiotto Colpini

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.