Análise baseada em GGE Biplot e REML/BLUP da estabilidade de produção e adaptabilidade para feijoeiro comum em ensaios multi-ambientais - DOI:10.5039/agraria.v14i2a5657

Paulo Ricardo dos Santos, Tâmara Rebecca Albuquerque de Oliveira, Paola Skeen-Hurtado, Maxwel Rodrigues Nascimento, Kleyton Danilo da Silva Costa, Emmanuelle Rodrigues Araújo, Helton Santos Pereira, Antonio Félix da Costa

Resumo


Antes do lançamento de novas cultivares, um dos objetivos mais comuns no melhoramento de plantas é estudar a interação dos genótipos com os ambientes. Utilizando a análise obtida desses processos iniciais, foi produzida uma multiplicidade de genótipos com base em seu desempenho relativo através de diferentes ambientes. Neste trabalho, avaliamos a ligação entre os métodos baseados em GGE Biplot e REML / BLUP em ensaios de competições com 32 genótipos de feijão, que incluiu 17 genótipos de feijão carioca e 15 genótipos de feijão preto. A avaliação foi realizada durante o ano de 2009 em quatro locais diferentes do estado de Pernambuco, Brasil. Quanto aos locais, São João e Araripina mostraram-se altamente representativos e não discriminatórios, enquanto Arcoverde foi o mais discriminatório e bem representado, favorecendo a seleção de genótipos amplamente adaptados. A seleção dos genótipos foi consistente utilizando ambos os métodos e a conclusão final mostra um excelente desempenho. Considerando uma alta adaptabilidade e estabilidade de produção, os seguintes genótipos apresentaram desempenho superiores: os tipos preto incluíram CNFP (11995, 11983, 11985 e 11991), e os tipos carioca são CNFC (11951 e 11954). A compreensão da interação genótipo por ambiente nos permitiu identificar possíveis cultivares para lançamento.

Palavras-chave


herdabilidade; interação genótipos x ambientes; modelos mistos; Phaseolus vulgaris L.

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Agência Pernambucana de Águas e Clima - APAC. Monitoramento pluviométrico. http://www.apac.pe.gov.br/meteorologia/monitoramento-pluvio.php. 31 Dec. 2017.

Badu-Apraku, B.; Oyekunle, M.; Obeng-Antwi, K.; Osuman, A.; Ado, S.; Coulibay, N.; Yallou, C.; Abdulai, M.; Boakyewaa, G.; Didjeira, A. Performance of extra-early maize cultivars based on GGE biplot and AMMI analysis. The Journal of Agricultural Science, v.150, n.4, p.473-483, 2012. https://doi.org/10.1017/S0021859611000761.

Cavalcanti, F.J.A. Recomendações de adubação para o estado de Pernambuco: segunda aproximação. Recife: Instituto Agronômico de Pernambuco, 2008. 212p.

Companhia Nacional de Abastecimento - Conab. Acompanhamento da safra brasileira grãos. Brasília: Conab, 2017. 158p. (v.4 - Safra 2016/17, n.12 – Décimo segundo levantamento). https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/graos/boletim-da-safra-de-graos/item/download/1317_3b92fdb4c81421e032d3de69c6243135. 05 Jan. 2018.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa. Centro Nacional de Pesquisa do Solo. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3.ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2013. 313p.

Farias Neto, J.T.; Moura, E.F.; Resende, M.D.V.; Celestino Filho, P.; Augusto, S.G. Genetic parameters and simultaneous selection for root yield, adaptability and stability of cassava genotypes. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.48, n.12, p.1562-1568, 2013. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2013001200005.

Karimizadeh, R.; Mohammadi, M.; Sabaghni, N.; Mahmoodi, A.A.; Roustami, B.; Seyyedi, F.; Akbari, F. GGE Biplot analysis of yield stability in multienvironment trials of lentil genotypes under rainfed condition. Notulae Scientia Biologicae, v.5, n.2, p.256-262, 2013. https://doi.org/10.15835/nsb529067.

Miranda, G.V.; Souza, L.V.; Guimarães, L.J.M.; Namorato, H.; Oliveira, L.R.; Soares, M.O. Multivariate analyses of genotype × environment interaction of popcorn. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.44, n.1, p.45-50, 2009. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2009000100007.

Resende, M.D.V. Genética biométrica e estatística no melhoramento de plantas perenes. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2002. 975p.

Resende, M.D.V. Software Selegen-REML/BLUP: a useful tool for plant breeding. Crop Breeding and Applied Biotechnology, v.16, n.4, p.330-339, 2016. https://doi.org/10.1590/1984-70332016v16n4a49.

Santos, A.D.; Amaral Júnior, A.T.D.; Kurosawa, R.D.N.F.; Gerhardt, I.F.S.; Fritsche Neto, R. GGE Biplot projection in discriminating the efficiency of popcorn lines to use nitrogen. Ciência e Agrotecnologia, v.41, n.1, p.22-31, 2017. https://doi.org/10.1590/1413-70542017411030816.

Silva, G.O.; Carvalho, A.D.F.; Veira, J.V.; Benin, G. Verificação da adaptabilidade e estabilidade de populações de cenoura pelos métodos AMMI, GGE Biplot e REML/BLUP. Bragantia, v.70, n.3, p.494-501, 2011. https://doi.org/10.1590/S0006-87052011005000003.

Wickham, H. ggplot2: Elegant graphics for data analysis. 2.ed. New York: Springer-Verlag, 2016. 260p. https://doi.org/10.1007/978-3-319-24277-4.

Yan, W. GGEbiplot – a Windows application for graphical analysis of multienvironment trial data and other types of two-way data. Agronomy Journal, v.93, n.5, p.1111-1118, 2001. https://doi.org/10.2134/agronj2001.9351111x.

Yan, W.; Holland, J.B. A heritability-adjusted GGE biplot for test environment evaluation. Euphytica, v.171, n.3, p.355-369, 2010. https://doi.org/10.1007/s10681-009-0030-5.

Yan, W.; Kang, M.S.; Ma, B.; Woods, S.; Cornelius, P.L. (2007) GGE biplot vs. AMMI analysis of genotype-by-environment data. Crop Science, v.47, n.2, p.643-653, 2007. https://doi.org/10.2135/cropsci2006.06.0374.

Yan, W.; Tinker, N.A. Biplot analysis of multi-environment trial data: Principles and applications. Canadian Journal of Plant Science, v.86, n.3, p.623-645, 2006. https://doi.org/10.4141/P05-169.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Paulo Ricardo dos Santos, Tâmara Rebecca Albuquerque de Oliveira, Paola Hurtado, Maxwel Rodrigues Nascimento, Kleyton Danilo da Silva Costa, Emmanuelle Rodrigues Araújo, Helton Santos Pereira, Antônio Félix da Costa

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2018

h5 index: 12

h5 median: 14

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.