Propagação vegetativa de seriguela (Spondias purpurea) com imersão em ácido indol acético - DOI:10.5039/agraria.v14i2a5650

Fabrício Rodrigues, Gabriela Teodoro Rocha, Ayure Gomes da Silva, Nei Peixoto, Juliana Bezerra Martins

Resumo


Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da aplicação de diferentes concentrações do ácido indol acético (AIA), em três tempos de imersão na propagação vegetativa de seriguela (Spondias purpurea), utilizando a técnica de estaquia. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente causalizado, com três repetições, em esquema fatorial (3 x 6), três tempos de imersão (8, 16 e 24 segundos), em seis concentrações (0, 2, 4, 6, 8 e 10 g L-1) do AIA, com dez estacas por parcela. O período de condução do experimento foi de 180 dias e foram avaliadas as características de porcentagem de sobrevivência das estacas, porcentagem de estacas enraizadas, número de brotações jovens foliares, número de raízes por estacas, comprimento geral das raízes e massa fresta total. Os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste de F e posteriormente, ajustados em equações de regressão. A propagação vegetativa por estaquia de seriguela foi satisfatória ao enraizamento e a brotação nas estacas, com maiores incrementos entre as concentrações 6 a 10 g L-1 de AIA. A concentração de 10 g L-1 em tempo de imersão de 24 segundos foi a que induziu maiores incrementos nas variáveis de seriguela.

Palavras-chave


Anarcadiaceae; frutíferas; regulador de crescimento

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Alcantara, G. B.; Oliveira, Y.; Lima, D. M.; Fogaça, L. A.; Pinto, F.; Biasi, L. A. Efeito dos ácidos naftaleno acético e indolilbutírico no enraizamento de estacas de jambolão [Syzygium cumini (L.) Skeels]. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 12, n.3, p. 317-321, 2010. https://doi.org/10.1590/S1516-05722010000300009.

Amaral, G.C.; Brito, L.P.D.S.; Avelino, R.C.; Silva Júnior, J.V.D.; Beckmann-Cavalcante, M. Z.; Cavalcante, Í. H. L. Produção de mudas de Duranta repens L. pelo processo de estaquia. Revista de Ciências Agrárias, v. 35, n.1, p. 134-142, 2012. http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?pid=S0871-018X2012000100013&script=sci_arttext&tlng=en. 10 Nov. 2017.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa. Classificação brasileira de solos. 3.ed. Brasília: Embrapa, 2013. 353p.

Fachinello, J. C.; Hoffmann, A.; Nachtigal, J. C. Propagação de plantas frutíferas. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica; Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2005. 221 p.

Ferreira, A.; Costa, J.D.P.; Sousa, S., Ribeiro, L.; Costa, J. Comportamento higroscópico de polpa de seriguela atomizada utilizando diferentes agentes carreadores de secagem. Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.2, p. 3900-3907, 2015. https://doi.org/10.5151/chemeng-cobeq2014-0759-24131-171713.

Ferreira, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, 2011. https://doi.org/10.1590/S1413-70542011000600001.

Gratieri-Sossella, A.; Petry, C.; Nienow, A. A. Propagação da corticeira do banhado (Erythrina crista-galli L.) (Fabaceae) pelo processo de estaquia. Revista Árvore, v. 32, n.1, p. 163-171, 2008. https://doi.org/10.1590/S0100-67622008000100018.

Hartmann, H.T.; Kester, D.E.; Davies, F. T. Jr.; Geneve, R. L. Plant propagation: principles e practices. 8.ed. Boston: Prentice Hall, 2011. 915 p.

Leandro, R.C.; Yuyama, K. Enraizamento de estacas de castanha-de-cutia com uso de ácido indolbutilico. Revista Acta Amazonica, v. 38, n.4, p. 597-602, 2008. https://doi.org/10.1590/S0044-59672008000400001.

Lira-Júnior, J.S.; Bezerra, J.; Moura, R.; Santos, V.D. Repetibilidade da produção, número e peso de fruto em cirigueleira (Spondias purpurea L.). Revista Brasileira de Fruticultura, v. 36, n.1, p. 214-220, 2014. https://doi.org/10.1590/0100-2945-294/13.

Mbagwu, F. N.; Ogbonnaya, C. I.; Umeoka, N.; Edoki, N. Effects of indole-3-acetic acid (IAA) on the vegetative propagation and phytochemical properties of bushbuck (Gongronema latifolium Benth.). Journal of Food Processing and Technology, v. 8, n.1, e1000649, 2017. https://doi.org/10.4172/2157-7110.1000649.

Meneguzzi, A.; Navroski, M.C.; Lovatel, Q.C.; Marco, F.T.; Oliveira Pereira, M.; Tonett, E.L. Ácido indolacético influencia no enraizamento de estacas de Pittosporum tobira. Revista de Ciências Agroveterinárias, v. 14, p. 24-28, 2015. http://periodicos.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/5729/4231. 25 Nov. 2017.

Mitchell, J.D.; Daly, D.C. A revision of Spondias L.(Anacardiaceae) in the Neotropics. PhytoKeys, v. 55, p. 1-15, 2015. https://doi.org/10.3897/phytokeys.55.8489.

Muniz, M.A.; Barbosa, J.G.; Oliveira, L.G.; Pimenta, J.F.N. Massa fresca de estacas e doses de ácido indolacético no enraizamento de tango. Ornamental Horticulture, v. 21, n.1, p. 27-32, 2015. https://doi.org/10.14295/rbho.v21i1.772.

Pacheco, J.P.; Franco, E.T.H. Substratos e estacas com e sem folhas no enraizamento de Luehea divaricata Mart. Ciência Rural, v.38, n.7, p.1900-1906, 2008. https://doi.org/10.1590/S0103-84782008000700015.

Paulus, D.; Valmorbida, R.; Paulus, E. Influência do ácido indolbutírico na propagação vegetativa de alecrim. Horticultura Brasileira, v. 34, n.4, p.520-528, 2016. https://doi.org/10.1590/hb.v34i4.724.

Santos, C.A.F.; Oliveira, V.R. Inter-relações genéticas entre espécies do gênero Spondias com base em marcadores AFLP. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 30, n.3, p. 731-735, 2008. https://doi.org/10.1590/S0100-29452008000300028.

Scariot, E.; Bonome, L. T. S.; Bittencourt, H. V. H.; Lima, C. S. M. Aqueous extract of Cyperus rotundus on the rooting of Prunus persica cv. ‘Chimarrita’ cuttings. Revista de Ciências Agroveterinárias, v. 16, n. 2, p. 195-200, 2017. http://www.revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/223811711622017195/pdf. 16 Jul. 2018.

Siddique, I.; Bukhari, N. A. W.; Perveen, K.; Siddiqui, I. Influence of Plant Growth Regulators on In Vitro Shoot Multiplication and Plantlet Formation in Cassia angustifolia Vahl. Brazilian Archives of Biology and Technology, v. 58, n. 5, p. 686-691, 2015. https://doi.org/10.1590/S1516-89132015050290.

Silva, F. V. C.; Castro, A. M.; Chagas, E. A.; Pessoni, L. A. Propagação vegetativa de camu-camu por estaquia: efeito de fitorreguladores e substratos. Revista Agro@mbiente On-line, v. 3, n. 2, p. 92-98, 2009. https://doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v3i2.276.

Sousa, C.M., Santos, M.P., Carvalho, B.M. Enraizamento de estacas de maracujazeiro-doce (Passiflora alata Curtis). Científica, v. 42, n.1, p. 68-73, 2014. https://doi.org/10.15361/1984-5529.2014v42n1p68-73.

Souza, F. X.; Costa, J. T. A. Produção de mudas das Spondias cajazeira, cajaraneira, cirigueleira, umbu-cajazeira e umbuzeiro. Fortaleza: Embrapa Agroindústria Tropical, 2010. 26p. (Embrapa Agroindústria Tropical. Documentos, 133). http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/40699/1/Doc-133.pdf. 22 Jun. 2018.

Souza, F.X.; Lima, R.N. Enraizamento de estacas de diferentes matrizes de cajazeira tratadas com ácido indol butírico. Revista Ciência Agronômica, v. 36, n.2, p. 189-194, 2008. http://www.ccarevista.ufc.br/seer/index.php/ccarevista/article/view/267. 18 Nov. 2017.

Suguino, E.; Martins, A. N.; Segatelli, C.R.; Aguila, J.S.; Aguila, L.S. H.; Minami, K. Enraizamento de estacas de cambuí submetidas a diferentes tempos de imersão em ácido indolbutírico. Unimar Ciências, v. 18, n.1-2, p. 1-2, 2009. http://www.unimar.br/publicacoes/2011/unimar_ciencias18.pdf#page=45. 18 Nov. 2017.

Taiz, L.; Zeiger, E. Fisiologia vegetal. 5.ed. Porto Alegre: Artmed, 2013. 954p.

Timm, R.F; C., Schuch, M.W.; Tomaz, Z.F.P.; Mayer, N.A. Enraizamento de miniestacas herbáceas de porta-enxertos de pessegueiro sob efeito de ácido indolbutírico. Semina: Ciências Agrárias, v. 36, n.1, p. 135-140, 2015. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n1p135.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Fabrício Rodrigues, Gabriela Teodoro Rocha, Ayure Gomes da Silva, Nei Peixoto, Juliana Bezerra Martins

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2019

h5 index: 10

h5 median: 14

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.