Inoculação de sementes de milho com Azospirillum brasilense em diferentes manejos de adubação nitrogenada - DOI:10.5039/agraria.v15i3a8100

Mauricio Vicente Alves, Cristiano Nunes Nesi, Gabriela Naibo, Matheus Henrique Barreta, Marcelo Lazzari, Ademir Fiorese Junior, Everton Skoronski

Resumo


A inoculação de sementes com Azospirillum brasilense pode ser uma opção interessante para reduzir a quantidade de nitrogênio aplicada nas plantas e potencializar o efeito desses fertilizantes. O objetivo deste estudo foi avaliar os componentes do cultivo de milho e sua resposta à inoculação com A. brasilense associada à adubação nitrogenada na semeadura e cobertura superior. O delineamento experimental foi em blocos casualizados e realizados em dois anos agrícolas. Os tratamentos no primeiro ano: BF + CF: {adubação nitrogenada de base (BF) + adubação de cobertura (CF)}; BF + BI: {BF + inoculação da bactéria A. brasilense (BI)}; BF + BI + CF; BI; BI + CF and NFI: {sem adubação e sem inoculação}. No segundo ano foram os mesmos tratamentos e adicionado o FC. Os estudo foi a campo no municio de Abelardo Luz – SC - Brasil. O clima é mesotérmico úmido com verões quentes e invernos frios (Cfa). Foram avaliados: altura de plantas, nitrogênio na folha e no grão, produtividade, peso de mil grãos e umidade do grão. A inoculação de A. brasilense associada à adubação de cobertura, pode ser uma alternativa para reduzir a demanda de N, incluindo um aumento na produtividade. O uso de A. brasilense sem adubação de N proporcionou aumento no rendimento da cultura.

Palavras-chave


fixação biológica de nitrogênio; bactérias diazotróficas; simbiose; Zea mays L.

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Alvares, C.A.; Stape, J.L.; Sentelhas, P.C.; Goncalves, J.L.M.; Sparovek, G. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, v.22, n.6, p.711–728. 2013. https://doi.org/10.1127/0941-2948/2013/0507.

Araújo, R. M.; Araújo, S. F.; Nunes, L. A. P. L.; Figueiredo, M. V. B. Resposta do milho verde à inoculação com Azospirillum brasilense e níveis de nitrogênio. Ciência Rural, v. 44, n. 9, p. 1556-1560, 2014. https://doi.org/10.1590/0103-8478cr20130355.

Brum, M. S.; Cunha, V. S.; Stecca, J. D. L. Grando, F. T.; Martin, T. N. Components of corn crop yield under inoculation with Azospirillum brasilense using integrated crop-livestock system. Acta Scientiarum. Agronomy, v.38 n. 4, p. 485-492, 2016. https://doi.org/10.4025/actasciagron.v38i4.30664.

Bulegon, L. G.; Guimarães, V. F.; Inagaki, A. M.; Battistus, A. G.; Offemann, L. C.; Souza, A. K. Pomini de. Respostas da soja ao Azospirillum brasilense e reguladores vegetais em condições de déficit hídrico. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v.14, n.4, p. 1-10, 2019. https://doi.org/10.5039/agraria.v14i4a5678.

Cavallet, L. E.; Pessoa, A. C. Dos S.; Helmich, J.J.; Helmich, P. R.; Ost, C. F. Produtividade do milho em resposta à aplicação de nitrogênio e inoculação das sementes com Azospirillum spp. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.4, n.1, p.129-132, 2000. https://doi.org/10.1590/S1415-43662000000100024.

Chalk, P. M. The strategic role of 15N in quantifying the contribution of endophytic N2 fixation to the N nutrition of non-legumes. Symbiosis, v. 69, n. 2, p. 63-80, 2016. https://doi.org/10.1007%2Fs13199-016-0397-8.

Coelho, B. A.; Dias, V. C.; Pelúzio, J. M.; Souza, C. M.; Siqueira, G. B.; Santos, W. F. Productivity of the corn cultivated under low latitude in the inter-crop inoculated with Azospirillum brasilense with diferent doses of nitrogen. Journal of Bioenergy and Food Science, v.6, n.1, p. 18-28, 2018. https://doi.org/10.18067/jbfs.v6i1.255.

Comissão de Química e Fertilidade do Solo – RS/SC. Sociedade Brasileira de Ciência do Solo. Manual adubação e de calagem para os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. 10.ed. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo; Núcleo Regional Sul; Comissão de Química e Fertilidade do Solo – RS/SC, 2004. 400p

Companhia Nacional de Abastecimento - Conab. Perspectivas para a agropecuária - Safra 2018/2019. Brasília: Conab, 2018. v.6, 112p. https://www.conab.gov.br/perspectivas-para-a-agropecuaria/item/download/22780_ee707c6e6d44f06fe7b6a86ce6141652. 19 Dez. 2019.

Fukami, J.; Ollero, F. J.; Osa, C.; Valderrama-Fernández, R.; Nogueira, M. A.; Megías, M.; Hungria, M. Antioxidant activity and induction of mechanisms of resistance to stresses related to the inoculation with Azospirillum brasilense. Archives of Microbiology, v.200, p. 1191-1203, 2018. https://doi.org/10.1007/s00203-018-1535-x.

Hungria, M., Campo, R. J., Souza, E. M.; Pedrosa, F. O. Inoculation with selected strains of Azospirillum brasilense and A. lipoferum improves yields of maize and wheat in Brazil. Plant and Soil, v,331, 413-425, 2010. https://doi.org/10.1007/s11104-009-0262-0.

Kappes, C.; Arf, O.; Arf, M. V.; Ferreira, J. P.; Dal Bem, E. A.; Portugal, J. R.; Vilela, R. G. Seeds inoculation with diazotrophic bacteria and nitrogen application in side-dressing and leaf in maize. Semina: Ciências Agrárias, v. 34, n. 2, p. 527-538, 2013. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n2p527.

Ladha, J. K.; Tirol-Padre, A.; Reddy, C. K.; Cassman, K. G.; Verma, S.; Powlson, D. S.; Van-Kessel, C.; Richter, D. B.; Chakraborty, D.; Pathak, H. Global nitrogen budgets in cereals: A 50-year assessment for maize, rice, and wheat production systems. Scientific Reports. v.6, n.19355, p. 1-9, 2016. https://doi.org/10.1038/srep19355.

Martins, T. G.; Freitas Júnior, S. P.; Luz, L. N.; Marco, C. A.; Vásquez, E. M. F. Inoculation efficiency of Azospirillum brasilense on economising nitrogen fertiliser in landrace popcorn. Revista Ciência Agronômica, v. 49, n. 2, p. 283-290, 2018. https://doi.org/10.5935/1806-6690.20180032.

Mascarello, G.; Zanão Júnior, L. A. Produtividade de milho em resposta a doses de nitrogênio e inoculação das sementes com Azospirillum brasilense. Revista Cultivando o Saber, edição especial, p. 46-55, 2015. https://www.fag.edu.br/upload/revista/cultivando_o_saber/566ec3b5143a2.pdf. 19 Dez. 2019.

Müller, T. M.; Sandini, I. E.; Rodrigues, J. D.; Novakowiski, J. H.; Basi, S.; Kaminski, T. H. Combination of inoculation methods of Azospirillum brasilense with broadcasting of nitrogen fertilizer increases corn yield. Ciência Rural, v. 46, n. 2, p. 210-215, 2016. https://doi.org/10.1590/0103-8478cr20131283.

Pereira, L. M.; Pereira, E. M.; Revolti, L. T. M.; Zingaretti, S. M.; Môro, G. V. Seed quality, chlorophyll contente index and leaf nitrogen levels in maize inoculated with Azospirilum brasilense. Revista Ciência Agronômica, v. 46, n. 3, p. 630-637, 2015. https://doi.org/10.5935/1806-6690.20150047.

Picazevicz, A. A. C.; Kusdra, J. F. and Moreno, A. de L.. Maize growth in response to Azospirillum brasilense, Rhizobium tropici, molybdenum and nitrogen. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. v.21, n.9, p-623-627. 2017. https://doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v21n9p623-627.

R Core Team. R: A language and environment for statistical computing. Vienna: R Foundation for Statistical Computing, 2019. https://www.R-project.org. 19 Dez. 2019.

Santini, J. M. K.; Buzetti, S.; Teixeira Filho, M. C. M.; Galindo, F. S.; Coaguila, D. N.; Boleta, E. H. M. Doses and forms of Azospirillum brasilense inoculation on maize crop. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 22, n. 6, p.373-377, 2018. https://doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v22n6p373-377.

Santos, H. G. dos; Jacomine, P. K. T.; Anjos, L. H. C. dos; Oliveira, V. A. de; Lumbreras, J. F.; Coelho, M. R.; Almeida, J. A. De; Araújo Filho, J. C. de; Oliveira, J. B. de; Cunha, T. J. F. Sistema brasileiro de classificação de solos. 5.ed. Brasília: Embrapa, 2018. http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/181677/1/SiBCS-2018-ISBN-9788570358172.epub. 07 Dez. 2019.

Skonieski, F. R.; Viégas, J.; Martin, T. N.; Mingotti, C. A. C.; Naetzold, S.; Tonin, T. J.; Dotto, L. R.; Meinerz, G. R. Effect of nitrogen topdressing fertilization and inoculation of seeds with Azospirillum brasilense on corn yield and agronomic characteristics. Agronomy, v. 9, n. 812, p- 1-11, 2019. https://doi.org/10.3390/agronomy9120812.

Tedesco, M. J.; Gianello, C.; Bissani, C. A.; Bohnen, H.; Volkweiss, S. J. Análises e solo, plantas e outros materiais. 2.ed. Porto Alegre: UFRGS; Departamento de Solos, 1995. 174p. (Boletim Técnico de Solos. UFRGS. Departamento de Solos, 5).

United States Department of Agriculture - USDA. World agricultural supply and demand estimates. Washington: USDA, 2019. 40p. https://www.operefuturos.com.br/wp-content/uploads/2019/02/wasde-08-01-2019.pdf. 19 Dez. 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Mauricio Vicente Alves, Cristiano Nunes Nesi, Gabriela Naibo, Matheus Henrique Barreta, Marcelo Lazzari, Ademir Fiorese Junior, Everton Skoronski

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.