A adição de biomassa de soja pode otimizar a qualidade da silagem de milho? - DOI:10.5039/agraria.v15i3a7156

Vanderson Vieira Batista, Paulo Fernando Adami, Elisa Souza Lemes, Karine Fuschter Oligini, Cleverson Luiz Giacomel, Danrley Antonio Smaniotto, Douglas Camana, Amanda Cassu da Fonseca

Resumo


A silagem é o principal volumoso conservado utilizado na alimentação animal no Brasil e melhorar sua qualidade, apresenta grande relevância. Objetivo deste estudo é avaliar características da silagem de milho, contendo diferentes porcentagens de biomassa de soja. Avaliaram-se diferentes frações de biomassa verde de soja, adicionadas a ensilagem de milho (0, 10, 20, 30 e 40% - experimento 1 e 0, 10, 20, 30, 40 e 50% no experimento 2). Utilizou-se delineamento inteiramente casualizado. As variáveis avaliadas foram submetidas à análise de variância e havendo efeito significativo aplicou-se análise de regressão. A matéria mineral da silagem aumentou de forma linear com a elevação das porcentagens de soja, entretanto não influenciaram fibra em detergente neutro e ácido, e a quantidade de nutrientes digestíveis totais. No experimento 1, o teor de proteína bruta da silagem aumentou de 7,5 para 12,6% da silagem de milho para a silagem com 39,2% de biomassa de soja, o que representa um aumento de 67,24%. No experimento 2, a proteína bruta aumentou de 6,77 para 12,09%, o que representa 78,58% a mais de proteína bruta no tratamento com 50% de adição de biomassa de soja verde (41% de matéria seca de soja) em relação à silagem de milho. No experimento 2, para cada 1% de acréscimo de biomassa seca de soja, tem-se elevação de 0,1% de proteína bruta. A adição de biomassa de soja a silagem de milho, eleva os teores de matéria mineral e proteína bruta da silagem.

Palavras-chave


matéria mineral; proteína bruta; digestibilidade; Glicine max; Zea mays

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Alvares, C.A.; Stape, J.L.; Sentelhas, P.C.; Gonçalves, J.L.M.; Sparovek, G. Köppen's climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, v.22, n.6, p.711-728, 2013. https://doi.org/10.1127/0941-2948/2013/0507.

Ankom. Technology Method. 12-12-05. Rapid determination of oil/fat utilizing high temperature solvent extraction. Macedon: AOAC, 2009. 2p. http://www.ssco.com.tw/Ankom/PDF_file/Crude%20Fat%20Method.pdf. 12 Jun. 2019.

Baghdadi, A.; Halim, R.A.; Othman, R.; Yusof, M.M.; Atashgahi, A.R.M. Productivity, relative yield and plant growth of forage corn intercropped with soybean under different crop combination ratio. Legume Research - An International Journal, v. 39, n. 4, p. 558-564, 2016. https://doi.org/10.18805/lr.v0iOF.10755.

Batista, V.V.; Adami, P.F.; Moraes, P.V.D.; Oligini, K.F.; Giacomel, C.L.; Link, L. Row arrangements of maize and soybean intercrop on silage quality and grain yield. Journal of Agricultural Science, v.11, n.2, p.286-300, 2019. https://doi.org/10.5539/jas.v11n2p286.

Batista, V.V.; Adami, P.F.; Sartor, L.R.; Silveira, M.F.; Soares, A.B.; Oligini, K.F.; Kwiecinski, D.; Ferreira, M.L.; Camana, D.; Giacomel, C.L.; Fonseca, A.C. Forage yield and silage quality of intercropped maize+soybean with different relative maturity cycle. Journal of Agricultural Science, v.10, n.12, p.249-261, 2018. https://doi.org/10.5539/jas.v10n12p249.

Belel, M. D.; Halim, R. A.; Rafii, M. Y.; Saud, H. M. Intercropping of corn with some selected legumes for improved forage production: a review. Journal of Agricultural Science, v.6, n.3, p.48-62, 2014. http://dx.doi.org/10.5539/jas.v6n3p48

Bhering, S.B.; Santos, H.G.; Bognola, I.A.; Cúrcio, G.; Carvalho Junior, W.D.; Chagas, C.D.S.; Manzatto, C.V.; Áglio, M.L.D.; Silva, J.D.S. Mapa de solos do Estado do Paraná, legenda atualizada. In: In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 32., 2009, Fortaleza. Viçosa, MG: SBCS; Fortaleza, 2009. https://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/bitstream/doc/578217/1/SP5507.pdf. 22 Jun. 2019.

Evangelista, A.R.; Resende, P. M.; Maciel, G.A. Uso da soja [Glycine max (L.) Merrill] na forma de forragem. Lavras: UFLA, 2003. 36p.

Ferreira, Daniel Furtado. SISVAR: um programa para análises e ensino de estatística. c, v. 6, n.2, p. 36-41, 2008. http://www.dex.ufla.br/~danielff/meusarquivospdf/art63.pdf. 02 Jun. 2019.

Ghizzi, L.G.; Del Valle, T.A.; Silva, G.G.; Zilio, E.M.C.; Gheller, L.S.; Marques, J.A.; Silva, T.B.P.; Rennó, F.P. Silagem de planta inteira de soja (Glycine max L Merrill): Uma opção de volumoso na nutrição de ruminantes. In: Gobesso, A.A.O.; Rennó, F.P.; Balieiro, J.C.C.; Brunetto, M.A. (Orgs.). Novos desafios da pesquisa em nutrição e produção animal. Piracicaba: Programa de Pós-Graduação em Nutrição e Produção Animal; 5D editora, 2017. p. 110 – 128.

Gobetti, S.T.; Neumann, M.; Oliveira, M.R.; Oliboni, R. Produção e utilização da silagem de planta inteira de soja (Glicine max) para ruminantes. Ambiência, v.7, n.3, p.603-616, 2011. https://doi.org/10.5777/ambiencia.2011.03.02rb.

Goes, R.H.B.; Silva, L.H.X.; Souza, K.A. Alimentos e alimentação animal. Dourados: Universidade Federal da Grande Dourados, 2013. 81p.

Instituto Agronômico do Paraná - IAPAR. Sistema de monitoramento agroclimático do Paraná. 2019. http://www.iapar.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=595. 29 Mar. 2019.

Jobim, C.C.; Calixto Junior, M.; Bumbieris Júnior, V.H.; Oliveira, F.C.L. Composição química e qualidade de conservação de silagens de grãos de milho (Zea mays L.) com diferentes níveis de grãos de soja (Glycine max Merril). Semina: Ciências Agrárias, v.31, n.3, p.773-782, 2010. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2010v31n3p773.

Keplin, L.A.S. Silagem de soja: uma opção para ser usada na nutrição animal. In: Simpósio Sobre Produção e Utilização de Forragens Conservadas, 2., 2004, Maringá. Anais... Maringá: Universidade Estadual de Maringá, 2004. p.161-171

Kim, J.; Song, Y.; Kim, D.W.; Fiaz, M.; Kwon, C.H. Evaluating different interrow distance between corn and soybean for optimum growth, production and nutritive value of intercropped forages. Journal of Animal Science and Technology, v. 60, n. 1, p. 1, 2018. https://doi.org/10.1186/s40781-017-0158-0.

Leonel, F. de P.; Pereira, J.C.; Costa, M.G.; De Marco Júnior, P.; Lara, L.A.; Sousa, D. de P.; Silva, C.J. da. Consórcio capim-braquiária e soja, produtividade das culturas e características qualitativas das silagens. Revista Brasileira de Zootecnia, v.37, n.11, p.2031-2040, 2008. https://doi.org/10.1590/S1516-35982008001100020.

Neves, M.I.R.; Gai, V.F. Temperatura, pH e qualidade bromatológica de silagem de milho com e sem inoculante. Revista Cultivando o Saber, v.10, n.4, p.447-457, 2017. https://www.fag.edu.br/upload/revista/cultivando_o_saber/5a312d0072bb3.pdf. 20 Mar. 2019.

Pauli1, T.; Hoinosk, M.E.; Mascarelo, F.C.; Di Domenico, A.S.; Fioreli, A.B. Avaliação bromatológica de amostras de silagem de milho de propriedades rurais de Dois Vizinhos-PR. In: Congresso de Ciência e Tecnologia da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, 4; Mostra Científica da Pós-Graduação da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, 1., 2017, Dois Vizinhos. Anais... Dois Vizinhos: UTFPR, 2017. p.247-249.

Pionner. Análise bromatológica. http://www.pioneersementes.com.br/milho/silagem/analise-bromatologica. 09 Dez. 2019.

Silva, D.; Queiroz, A.D. Análise de alimentos (métodos químicos e biológicos). 3.ed. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa. 2002. 166p.

Stella, L.A.; Peripolli, V.; Prates, Ê.R.; Barcellos, J.O.J. Composição química das silagens de milho e sorgo com inclusão de planta inteira de soja. Boletim de Indústria Animal, v.73, n.1, p.73-79, 2016. https://doi.org/10.17523/bia.v73n1p73.

Tedesco, M.J.; Gianello, C.; Bissani, C.A.; Bohnen, H.; Volkweiss, S.J. Análises de solo, plantas e outros materiais. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1995. 176p.

Tsujimoto, Y.; Pedro, J.A.; Boina, G.; Murracama, M.V.; Ito, O.; Tobita, S.; Oya, T.; Cuambe, C.E.; Martinho, C. Performance of maize-soybean intercropping under various N application rates and soil moisture conditions in Northern Mozambique. Plant Production Science, v. 18, n. 3, p. 365-376, 2015. https://doi.org/10.1626/pps.18.365.

Van Soest, P.J. Nutritional ecology of the ruminant. 2.ed. New York: Cornell University Press, 1994. 476p.

Vieira, A.F.; Nunes, R.L.C.; Torres, R.A.; Dias, N.S.; Oliveira, A.B. Avaliação agronômica de híbridos de milho para silagem em Baraúna, região semiárida nordestina. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 14, n. 2, p. 283-290, 2015. https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v14n2p283-290.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Vanderson Vieira Batista, Paulo Fernando Adami, Elisa Souza Lemes, Karine Fuschter Oligini, Cleverson Luiz Giacomel, Danrley Antonio Smaniotto, Douglas Camana, Amanda Cassu da Fonseca

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

“Este periódico é filiado à

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.