Cultivo do girassol submetido a doses de boro no semiárido do Norte de Minas Gerais, Brasil - DOI:10.5039/agraria.v15i3a6614

Raniell Inácio Leandro, Claubert Wagner Guimarães de Menezes, Aroldo Gomes Filho, Paloma Leite Gomes, Dilermando Dourado Pacheco, Claudio Guilherme Portela de Carvalho

Resumo


O girassol [Helianthus annuus L. (Asteraceae)] é uma planta utilizada para o consumo animal e humano, na extração de óleo fixo e para a produção de biodiesel. A planta é sensível a deficiência de boro (B), e a escassez desse micronutriente ocasiona lesões nas folhas e caule do girassol, causando o tombamento do capítulo e diminuição da fotossíntese. O objetivo desse trabalho foi avaliar o desenvolvimento e a resposta produtiva dos genótipos de girassol BRS 321 e BRS 323, submetidos a quatro doses de B (0, 1, 2 e 4 kg ha-1). O delineamento experimental foi em blocos casualizados em esquema fatorial 4 x 2 (dose de boro x genótipos de girassol), com três repetições e 8 tratamentos. Altura da planta, diâmetro do capítulo, diâmetro do caule, número de folhas, massa de mil aquênios, produtividade de grãos, teor de óleo fixo e produtividade de óleo foram avaliados. As doses superiores a 1 kg ha-1 de B causaram sintomas de toxidez na fase vegetativa para o genótipo BRS 321, porém, a dose de 4 kg ha-1 de B rendeu ganhos produtivos ao mesmo genótipo. O genótipo BRS 323 foi mais produtivo que o genótipo BRS 321 em grãos e óleo fixo, independente das doses de B. Recomenda-se aplicações parceladas de B para o genótipo BRS 321 para evitar fitotoxidez.


Palavras-chave


fertilidade; Helianthus annuus L.; nutrição mineral; oleaginosa

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Almeida, A. E. S.; Bezerra Neto, F.; Costa, L. R.; Silva, M. L.; Lima, J. S. S.; Barros Junior, A. P. Eficiência agronômica do consórcio alface-rúcula fertilizando com flor de seda. Revista Caatinga, v. 28, n. 3, p. 79-85, 2015. https://doi.org/10.1590/1983-21252015v28n309rc.

Bhattacharyya, K.; Mandal, J.; Banerjee, H., Alipatra, A.; Ray, K.; Phonglosa, A. Boron fertilization in sunflower (Helianthus annuus L.) in an inceptisol of West Bengal, India. Communications in Soil Science and Plant Analysis, v. 46, n. 4, p. 528-544, 2015. https://doi.org/10.1080/00103624.2014.997389.

Blamey, P. P. C.; Chapman, J. Boron toxicity in Spanish groundnuts. Agrochemophysica, v.11, n.4, p. 57-59, 1979. https://journals.co.za/content/agro/11/4/AJA03027112_495. 26 Dez. 2018.

Bonacin, G. A.; Rodrigues, T. D. J.; Cruz, M. C.; Banzatto, D. A. Características morfofisiológicas de sementes e produção de girassol em função de boro no solo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 13, n. 02, p. 111-116, 2008. https://doi.org/10.1590/S1415-43662009000200001.

Capone, A; Dario, A. S.; Menegon, M. Z.; Fidelis, R. R.; Barros, H. B. Respostas de cultivares de girassol a doses crescentes de boro na entressafra do Cerrado Tocantinense. Revista Verde, v.11, n.1, p.43-48, 2016. https://doi.org/10.18378/rvads.v11i1.4004.

Castro, C.; Leite, R. M. V. B. C. Main aspects of sunflower production in Brazil. Oilseeds and fats. Crops and Lipids, v. 25, n. 1, p. 104-115, 2018. https://doi.org/10.1051/ocl/2017056.

Companhia Nacional de Abastecimento – Conab. Acompanhamento da safra brasileira de grãos. Brasília: Conab; 2018. 148p. (v.5 – safra 2017/2018, n.11, décimo primeiro levantamento). https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/graos/boletim-da-safra-de-graos/item/download/21709_4d6f8550138ed03890d0bba9f9db1675 10 Dez. 2019.

Euba Neto, M.; Fraga, V. S.; Dias, B. O.; Souto, J. S. Efeito de doses de boro no crescimento vegetativo de girassol em diferentes classes de solos. Revista Ceres, v.61, n.3, p.399-405, 2014. https://doi.org/10.1590/S0034-737X2014000300015.

Gil-Martinez, F. Elementos de fisiologia vegetal: relaciones hídricas, nutrición mineral, transporte, metabolismo. Madrid: Ediciones Mundi-Prensa, 1995. cap. 7, p. 249-283.

Instituto Nacional de Meteorologia - INMET. Estações e dados. http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=estacoes/estacoesAutomaticas. 03 Jan. 2019.

Jardini, D. C.; Scaramuz, W. L. M. P.; Weber, O. L. S.; Borba Filho, A. B.; Fernandes, D. Á. Absorção de nutrientes em genótipos de girassol. Pesquisa Agropecuária Tropical, v.44, n.4, p.434-442, 2014. https://doi.org/10.1590/S1983-40632014000400011.

Khalid, D.; Saad, D.; Kacem, M.; Ezzahra, N. F.; Fouad, A.; Abdelhadi, A. H. Sunflower response to Boron supply when grown in a silty clay soil. Journal of the Saudi Society of Agricultural Sciences, v.19, n.1, p.81-86,2020. https://doi.org/10.1016/j.jssas.2018.06.004.

Lima, A. D.; Viana, T. V. A.; Azevedo, B. M.; Marinho, A. B.; Duarte, J. M. L. Adubação borácica na cultura do girassol. Revista Agro@mbiente On-line, v. 7, n. 3, p. 269-276, 2013. https://doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v7i3.1237.

Lima, A.D. Interações entre lâminas de irrigação e coberturas do solo, e adubação borácica na cultura do girassol. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2011. 72p. Dissertação Mestrado.

Lopes, A. S. Manual de fertilidade do solo. São Paulo: ANDA/POTAFÓS, 1989. 153 p.

Melo, J.W.; Lemos, E.G.M. Análise bioquímica de plantas. In: Simpósio sobre Micronutrientes na Agricultura, 1., 1988, Jaboticabal. Anais... Piracicaba: POTAFOS/CNPq, 1991. p.310-331.

Oliveira, A. R. D.; Oliveira, S. A. D.; Giordano, L. D. B.; Goedert, W. J. Absorção de nutrientes e resposta à adubação em linhagens de tomateiro. Horticultura Brasileira, v. 27, n. 4, p. 498-504, 2009. https://doi.org/10.1590/S0102-05362009000400016.

Oliveira, S. L.; Gomes Filho, A.; Soares, D. P.; de Souza, T. A. N.; Leandro, R. I.; Rodrigues, E. N. Desempenho agronômico de genótipos de girassol cultivados sob déficit hídrico no semiárido Mineiro. Acta Iguazu, v.6, n.4, p.93-104, 2017. http://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/16438/12112 19 Jan. 2019.

Prado, R. M.; Leal, R. M. Desordens nutricionais por deficiência em girassol var. Catissol-01. Pesquisa Agropecuária Tropical, v.36, n.3, p.187-193, 2006. https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2046. 17 Jan. 2019.

Rauf, S.; Jamil, N.; Tariq, S.A.; Khan, M; Kausar, M.; Kaya, Y. Progress in modification of sunflower oil to expand its industrial value. Journal of the Science of Food and Agriculture, v.97, n.7, p.1997–2006, 2017. https://doi.org/10.1002/jsfa.8214.

Ribeiro, A. C.; Guimarães, P. T. G.; Alvarez, V. H. Recomendações para uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais: 5ª aproximação. Belo Horizonte: Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais, 1999. 310p.

Rodrigues, F. V.; Rondina, D. Alternativas de uso de subprodutos da cadeia do biodiesel na alimentação de ruminantes: glicerina bruta. Acta Veterinaria Brasilica, v. 7, n. 2, p. 91-99, 2013. https://rbmv.org/index.php/acta/article/view/2801. 17 Jan. 2019.

Santos Junior, J. A.; Gheyi, H. R.; Dias, N. S.; Soares, F. A. L.; Nobre, R. G. Doses de boro e água residuária na produção do girassol. Revista Ciência Agronômica, v.42, n.4, p.857-864, 2011. https://doi.org/10.1590/S1806-66902011000400006.

Santos, L. D.; Melo, F. D.; Souza, U. O.; Primo, D. C.; Santos, A. D. Fósforo e boro na produção de grãos e óleo no girassol. Enciclopédia Biosfera, v. 6, n. 11, p. 1-8, 2010. https://www.researchgate.net/publication/256078990. 21 Out. 2019.

Silva, F. D. B.; Aquino, L. A.; Panozzo, L. E.; Lima, T. C.; Berger, P. G.; Dias, D. C. F. D. S. Influence of boron on sunflower yield and nutritional status. Communications in Soil Science and Plant Analysis, v. 47, n. 7, p. 809-817, 2016. https://doi.org/10.1080/00103624.2016.1146894.

Silva, M. R.; Moura, F. P.; Jardim, C. H. O diagrama de Caixa (Box Plot) Aplicado à Análise da Distribuição Temporal das Chuvas em Januária, Belo Horizonte e Sete Lagoas, Minas Gerais-Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 10, n. 1, p. 023-040, 2017. http://www.revista.ufpe.br/rbgfe/index.php/revista/article/view/1869/1129. 27 Dez. 2019.

Ungaro, M. R. G. Mercados potenciais para o girassol e os seus subprodutos. In: Câmara, G. M. S.; Chiavegato, E. J. (Eds.). O agronegócio das plantas oleaginosas: algodão, amendoim, girassol e mamona. Piracicaba: ESALQ, 2001. p. 123-140.

Universidade Federal de Viçosa – UFV. Sistema para análises estatísticas - SAEG, versão 9.1. Viçosa: UFV, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Raniell Inácio Leandro, Claubert Wagner Guimarães de Menezes, Aroldo Gomes Filho, Paloma Leite Gomes, Dilermando Dourado Pacheco, Claudio Guilherme Portela de Carvalho

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2020

h5 index: 11

h5 median: 12

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.