Redução na adubação nitrogenada em Triticum sp. inoculado e coinoculado - DOI:10.5039/agraria.v15i2a7273

Franciane Lemes dos Santos, André Luis Vian, Franquiele Bonilha da Silva, Enilson Luiz Saccol de Sá, Christian Bredemeier, Carolina Trentin, Maicon Andreo Drum

Resumo


A utilização das técnicas de inoculação e coinoculação de rizobactérias promotoras do crescimento de plantas (RPCPs) pode ser uma alternativa com grande potencial para o mercado agrícola do trigo, visando uma maior eficiência no uso de fertilizantes e consequentemente redução do impacto ambiental. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência da inoculação de rizóbios simbiontes em leguminosas, isoladamente e em conjunto com Azospirillum brasilense, na promoção de crescimento da cultura do trigo. Os experimentos foram realizados com as cultivares BRS Parrudo e a TBIO Sossego, inoculadas e coinoculadas com os rizóbios UFRGS Vp16 e UFRGS Lc348, e A. brasilense, e sob níveis de doses de nitrogênio recomendadas para plantas de trigo. A inoculação de rizóbios, isoladamente ou em coinoculação com A. brasilense promove aumentos de produção de grãos de trigo com metade da dose de nitrogênio recomendada nas duas cultivares avaliadas, sendo uma alternativa economicamente viável e ecologicamente sustentável para o mercado agrícola.

Palavras-chave


Azospirillum sp.; promoção de crescimento; rizobactérias; trigo; produtividade

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Alves, J.B; Sá, E.L.S.; Muniz, A.W. Seleção de rizóbios para o Trifolium repens em condições de solo alagado. Biotemas, v.25, n.1, p.39-45, 2012. https://doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n1p39.

Companhia Nacional de Abastecimento - Conab. Acompanhamento da safra brasileira de grãos. v.6, safra 2018/2019, n.2 - segundo levantamento, p.1-138, 2018. 138p. https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/graos/boletim-da-safra-de-graos/item/download/22835_a4e21f191899c30a7c7c4abf4ac59979. 29 Mar. 2019.

Companhia Nacional de Abastecimento - Conab. Acompanhamento da safra brasileira de grãos. v.3, safra 2016/2017, n.1, primeiro levantamento, p.1-162, 2017. 162p. https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/graos/boletim-da-safra-de-graos/item/download/1306_ff331936bf7c757774177d12c441b3b0. 29 Mar. 2019.

Comissão de Química e Fertilidade do Solo dos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina - CQFS-RS/SC. Manual de adubação e calagem para os Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Porto Alegre: SBCSNRS; Embrapa; CNPT, 2004. 400p.

Ferreira, D.F. Manual do sistema Sisvar para análises estatísticas. Lavras: Universidade Federal de Lavras, 2000. 66 p.

Frizzo, M.L.S. Isolamento de rizóbios nativos para Lotus corniculatus e L. uliginosus em solos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2007. 68p. Dissertação Mestrado. http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=116471. 10 Mar. 2019.

Gordillo-Delgado, F.; Marín, E.; Calderón, A. Effect of Azospirillum brasilense and Burkholderia unamae bacteria on maize photosynthetic activity evaluated using the photoacoustic technique. International Journal of Thermophysics, v.37, n.9, p.1-11, 2016. https://doi.org/10.1007/s10765-016-2101-x.

Holen, D.L.; Bruckner, P.L.; Martin, J. M.; Carlson, G.R.; Wichman, D.M.; Berg, J.E. Response of winter wheat to simulated stand reduction. Agronomy Journal, v.93, n.1, p.364-370, 2001. https://doi.org/10.2134/agronj2001.932364x.

Hungria, M. Inoculação com Azospirillum brasiliense: inovação em rendimento a baixo custo. Londrina: Embrapa Soja, 2011. 36p. (Embrapa Soja. Documentos, 325). http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/29560/1/DOC325.2011.pdf. 19 Mar. 2019.

Kazi, N.; Deaker, R.; Wilson, N.; Muhammad, K.; Trethowan, R. The response of wheat genotypes to inoculation with Azospirillum brasilense in the field. Field Crops Research, v.196, p.368-378, 2016. https://doi.org/10.1016/j.fcr.2016.07.012.

Mumbach, G.L.; Kotowski, I.E.; Schneider, F.J.A.; Mallmann, M.S.; Bonfada, E. B.;Portela, V.O.; Kaiser, D.R. Resposta da inoculação com Azospirillum brasilense nas culturas de trigo e de milho safrinha. Scientia Agraria, v.18, n.2, p.97-103, 2017. https://doi.org/10.5380/rsa.v18i2.51475.

Oliveira, M.A; Zucareli, C.; Ferreira, A.S.; Domingues, A.R.; Spolaor, L.T.; Neves, C. S.V. Adubação fosfatada associada à inoculação com Pseudomonas fluorescens no desempenho agronómico do milho. Revista de Ciências Agrárias, v.38, n.1, p. 18-25, 2015. URI: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2015000100004&lng=pt&nrm=iso. 19 Mar. 2019.

Pandolfo, C.M.; Vogt, G.A.; Balbinot Júnior, A.A.; Gallotti, G.J.M.; Zoldan, S.R. Desempenho de milho inoculado com Azospirillum brasilense associado a doses de nitrogênio em cobertura. Revista Agropecuária Catarinense, v.27, n.3, p.94-99, 2015. http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/29560/1/DOC325.2011.pdf. 10 Mar. 2019.

Pereira, L.C.; Piana, S.C.; Braccini, A.L.; Garcia, M.M.; Ferri, G.C.; Felber, P.H.; Marteli, D.C.V.; Bianchessi, P.A.; Dametto, Igor B. Rendimento do trigo (Triticum aestivum) em resposta a diferentes modos de inoculação com Azospirillum brasilense. Revista de Ciências Agrárias, v.40, n.1, p.105-113, 2017. https://doi.org/10.19084/RCA16089.

Pinto, V.M.; Bruno, I.P.; Lier, Q.J.V.; Dourado Neto, D.; Reichardt, K. Uso excessivo de nitrogênio gera perda monetária para cafeicultores do cerrado baiano. Coffee Science, v.12, n.2, p.176-186. 2017. http://www.sbicafe.ufv.br:80/handle/123456789/8641. 19 Mar. 2019.

Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale, 10., 2016, Londrina. Informações técnicas para trigo e triticale: safra 2017. Londrina: Embrapa, 2017. 240 p.

Rodrigues, L.F.O.S.; Guimarães, V.F.; Silva, M.B.; Pinto Junior, A.S.; Klein, J.; Costa, A.C.P.R. Características agronômicas do trigo em função de Azospirillum brasilense, ácidos húmicos e nitrogênio em casa de vegetação. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.18, n.1, p.31-37. 2014. https://doi.org/10.1590/S1415-43662014000100005.

Rosário, J.G. Inoculação com Azospirillum brasilense associada à redução na adubação nitrogenada de cobertura em cultivares de trigo. Guarapuava: Universidade Estadual do Centro-Oeste, 2013. 85p. Dissertação Mestrado. http://www.unicentroagronomia.com/destino_arquivo/dissertacao_jeronimo_gadens.pdf. 22 Mar. 2019.

Scheuer, P.M.; Francisco, A.; Miranda, M.Z.; Ogliari, P.J.; Torres, G.; Limberger, V.; Montenegro, F.M.; Ruffi, C.R.; Biondi, S. Characterization of Brazilian wheat cultivars for specific technological applications. Food Science and Technology, v.31, n.3, p.816-826, 2011. https://doi.org/10.1590/S0101-20612011000300041.

Valério, I.P.; Carvalho, F.I.F.; Oliveira, A.C.; Machado, A.A.; Benin, G.; Scheeren, P.L.; Souza, V.Q.; Hartwig, I. Desenvolvimento de afilhos e componentes do rendimento em genótipos de trigo sob diferentes densidades de semeadura. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.43, n.3, p.319-326, 2008. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2008000300005.

Vincent, J.M. A manual for the practical study of root nodule bacteria. London: International Biological Programme, 1970. 164 p.

Vogel, G.F.; Fey, R. Estímulo do potencial germinativo e fisiológico de centeio e triticale por Azospirillum brasilense, submetidos ao tratamento químico de sementes. Scientia Agraria Paranaensis, v.15, n.4, p.493-498, 2016. https://doi.org/10.18188/1983-1471/sap.v15n4p493-498.

Zagonel, J.; Venancio, W.S.; Kunz, R.P.; Tanamati, H. Doses de nitrogênio e densidade de plantas com e sem um regulador de crescimento afetando o trigo, cultivar OR-1. Ciência Rural, v.32, n.1, p.25-29, 2002. https://doi.org/10.1590/S0103-84782002000100005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Franciane Lemes dos Santos, André Luis Vian, Franquiele Bonilha da Silva, Enilson Luiz Saccol de Sá, Christian Bredemeier, Carolina Trentin, Maicon Andreo Drum

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2019

h5 index: 10

h5 median: 14

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.