Teores naturais de metais em solos de origem basáltica do Oeste do Paraná, Brasil - DOI:10.5039/agraria.v15i2a6992

Cleidimar João Cassol, Adelmo Lowe Pletsch, Ismael Laurindo Costa Júnior, Juliane Maria Bergamin Bocardi, Alessandra Mayumi Tokura Alovisi, Fábio Luiz Fronza

Resumo


Objetivou-se com esse estudo determinar o teor natural de metais ambientalmente disponíveis (Cd, Cr, Pb, Cu, Fe, Mn e Zn), em solos de origem basáltica Latossolo Vermelho, Nitossolo Vermelho, Neossolo Regolítico, e Gleissolo Háplico, na região Oeste do Paraná. Os íons metálicos foram extraídos com solução ácida de HCl 0,1 mol L-1, e quantificados por espectrofotometria de absorção atômica. A maior concentração de Cu (0,68 mg dm-3) foi encontrada no Latossolo Vermelho, enquanto o Nitossolo Vermelho apresentou o maior teor de Zn (16,4 mg dm-3). O maior teor de Fe foi encontrado no Latossolo Vermelho (5,04 mg dm-3). O maior teor de Mn, por sua vez, no Nitossolo Vermelho (463,4 mg dm-3). Por meio da análise de componentes principais verificou-se associação entre os metais Zn e Mn, e Cu e argila. Os dados apresentados nessa pesquisa poderão ser usados como referência dos teores de metais ambientalmente disponíveis para solos semelhantes e para programas de monitoramento ambiental, uma vez que são solos de áreas preservadas.


Palavras-chave


metais; análise de componentes principais; solos

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Althaus, D.; Gianello, C.; Tedesco, M.J.; Silva, K.J. Bissani, C.A.; Felisberto, R. Natural fertility and metals contents in soils of Rio Grande do Sul (Brazil). Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.42, e0160418, 2018. https://doi.org/10.1590/18069657rbcs20160418

Andrade, M.G.; Melo, V.F.; Souza, L.C.P.; Gabardo, J.; Reissmann, C.B. Metais pesados em solos de área de mineração e metalurgia de chumbo. II - formas e disponibilidade para plantas. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.33, n.6, p.1889-1897, 2009. https://doi.org/10.1590/S0100-06832009000600038.

Biondi, C. M.; Nascimento, C. W. A.; Fabricio Neta, A. B.; Ribeiro, M. R. Teores de Fe, Mn, Zn, Ni e Co em solos de referência de Pernambuco. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.35, n.3, p. 1057-1066, 2011. https://doi.org/10.1590/S0100-06832011000300039.

Bocardi, J. M. B. Valores de referência de qualidade de metais, macroelementos e radionuclídeos em solos do oeste do Paraná. Guarapuava: Universidade Estadual do Centro-Oeste, 2019. 106p. Tese Doutorado. http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4691. 29 Mar. 2019.

Bocardi, J. M. B.; Pletsch, A. L.; Rocha, A. S.; Quinaia, S. P. Parâmetros físicos e químicos em solos de unidades de conservação florestal da bacia do Paraná 3, Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 11, n. 1, p. 99-113, 2018. https://periodicos.ufpe.br/revistas/rbgfe/article/view/234211/pdf. 11 Dez. 2018.

Brasil. Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA. Resolução n. 420, de 28 de dezembro de 2009. Dispõe sobre critérios e valores orientadores de qualidade do solo quanto à presença de substâncias químicas e estabelece diretrizes para o gerenciamento ambiental de áreas contaminadas por essas substâncias em decorrência de atividades antrópicas. Diário Oficial da União, v.146, n.249, seção 1, p.81-84, 2009. http://www.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=620. 18 Dez. 2018.

Burak, D.L. Geoquímica e distribuição de metais pesados em solos na Região de Unaí, Paracatu e Vazante, MG. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa, 2008. 173p. Tese Doutorado. http://locus.ufv.br/handle/123456789/1587. 08 Out. 2018.

Caires, S.M. Determinação dos teores naturais de metais pesados em solos do estado de Minas Gerais como subsídio ao estabelecimento de valores de referência de qualidade. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa, 2009. 304p. Tese Doutorado. http://locus.ufv.br/handle/123456789/1600. 05 Out. 2018.

Campos, M.C.C. Atributos dos solos e riscos de lixiviação de metais pesados em solos tropicais. Ambiência, v.6, n.3, p.547-565, 2010. https://revistas.unicentro.br/index.php/ambiencia/article/view/591/1154. 02 Dez. 2018

Cassol, C.J.; Cortivo, N.S.D.; Pletsch, A.L.; Costa Júnior, I.L.; Gomes, F.A.L. Determinação de manganês disponível em solos de referência da Mesorregião Oeste do Paraná. Realização, v. 5, n. 9, p. 21-27, 2018. http://ojs.ufgd.edu.br/index.php/realizacao/article/view/8535/4667. 07 Dez. 2018.

Comissão de Química e Fertilidade do Solo - CQFS-RS/SC. Manual de calagem e adubação para os Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. 11.ed. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo; Núcleo Regional Sul, 2016. 376p.

Cordovil, M.C.O.; Mendonça, A.G.R.; Botero, W.G.; Santos, A.; Rocha, J.C.; Mello, K.; Toppa, R.H.; Oliveira, L.C. Análise espacial e quimiométrica da distribuição de espécies metálicas em solos alagáveis e não alagáveis da Bacia do Médio Rio Negro, Amazônia. Quím. Nova, v.37, n.5, p.770-775, 2014. https://doi.org/10.5935/0100-4042.20140124.

Coringa, E.A.O.; Couto, E.G.; Perez, X.L.O.; Torrado, P. V. Atributos de solos hidromórficos no Pantanal Norte Matogrossense. Acta Amazonica. v.42, n.1, p.19-28, 2012. https://doi.org/10.1590/S0044-59672012000100003.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa. Manual de métodos de análise de solo. 2.ed. Rio de Janeiro: Embrapa, 1997. 212p. https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Repositorio/Manual+de+Metodos_000fzvhotqk02wx5ok0q43a0ram31wtr.pdf. 23 Fev. 2019.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3.ed. Brasília: Embrapa, 2013. 353p.

Food and Agriculture Organization - FAO. Ano internacional dos solos – 2015. FAO destaca ligação entre solos saudáveis e desenvolvimento sustentável https://news.un.org/pt/tags/ano-internacional-dos-solos. 25 Fev. 2019.

Freitas, L.; Casagrande, J.C.; Oliveira, I.A.; Júnior, P.R.S.; Campos, M. C. C. Análises multivariadas de atributos químicos do solo para caracterização de ambientes. Revista Agro@mbiente On-line, v. 8, n. 2, p. 155-164, 2014. https://doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v8i2.1684.

Guevara, Y.Z.C.; Souza, J.J.L.L.; Veloso, G.V.; Veloso, R.W.; Rocha, P.A.; Abrahão, W. A. P.; Filho, E. I. F. Reference values of soil quality for the Rio Doce basin. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.42, e0170231, 2018. https://doi.org/10.1590/18069657rbcs20170231.

Guimarães, S.T.; Lima, H.N.; Teixeira, W.G.; Neves Junior, A.F.; Silva, F.W.R.; Macedo, R.S.; Souza, K.W. Caracterização e classificação de Gleissolos da várzea do Rio Solimões (Maracapuru e Iranduba), Amazonas, Brasil. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.37, n.2, p.317-326, 2013. https://doi.org/10.1590/S0100-06832013000200003.

Hongyu, K.; Sandanielo, V.L.M.; Junior, G.J.O. Análise de componentes principais: resumo teórico, aplicação e interpretação. E&S - Engineering and Science, v.5, n.1, p.83-90, 2016. https://doi.org/10.18607/ES201653398.

Hugen, C.; Miquelluti, D. J.; Campos, M.L.; Lmeida, J.A.; Ferreira, É.R.N.C.; Pozzan, M. Teores de Cu e Zn em Perfis de Solos de Diferentes Litologias em Santa Catarina. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.17, n.6, p.622-628, 2013. https://doi.org/10.1590/S1415-43662013000600008.

Instituto de Terras, Cartografia e Geologia do Paraná – ITCG. Mapas geológicos para download. http://www.mineropar.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=154. 02 Fev. 2019.

Kabata-Pendias A. Trace elements in soils and plants. 4.ed. Boca Raton: CRC Press, 2011. 548p.

Kyziol, J. Twardowska, I.; Schmitt-Kopplin, P. The role of humic substances in chromium sorption onto natural organic matter (peat). Chemosphere, v.63, n.11, p.1974-1982, 2006. https://doi.org/10.1016/j.chemosphere.2005.09.042.

Melo, É.E.C.; Nascimento, C.W.A.; Santos, A.C.Q.; Silva, A.S. Disponibilidade e fracionamento de Cd, Pb, Cu e Zn em função do pH e tempo de incubação com o solo. Ciência e Agrotecnologia, v. 32, n.3, p. 776-784, 2008. https://doi.org/10.1590/S1413-70542008000300011.

Oliveira, L.F.C.; Castro, M.L.L.; Rodrigues, C.; Borges, J.D. Isotermas de sorção de metais pesados em solos do cerrado de Goiás. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 14, n.7, p. 776-782, 2010. https://doi.org/10.1590/S1415-43662010000700014.

Paye, H.S.; Mello, J.W.C.V.; Abrahão, W.A.P.; Fernandes Filho, E.I. Dias, L.C.P.; Castro, M.L.O.; Melo, S.B.; França, M.M. Valores de referência de qualidade para metais pesados em solosno Estado do Espírito Santo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 34, n. 6, p. 2041-2051, 2010. https://doi.org/10.1590/S0100-06832010000600028.

Ribas, C. Caracterização da fertilidade atual dos solos de Guarapuava-PR. Guarapuava: Universidade Estadual do Centro-Oeste, 2010. 52p. Dissertação Mestrado. http://unicentroagronomia.com/destino_arquivo/1_dissert._final_cilton_ribas.pdf. 23 Jan. 2019.

Santos, G.C.G.; Rodella, A.A. Efeito da adição de fontes de matéria orgânica como amenizantes do efeito tóxico de B, Zn, Cu, Mn e Pb no cultivo de Brassica juncea. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 31, n.4, p.793-804, 2007. https://doi.org/10.1590/S0100-06832007000400019.

Santos, J.C.B.; Júnior, V.S.S.; Corrêa, M.M.; Ribeiro, M.R.; Almeida, M.C.; Borges, L. E.P. Caracterização de neossolos regolíticos da região semiárida do Estado de Pernambuco. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.36, n.3, p.683-696, 2012. https://doi.org/10.1590/S0100-06832012000300001.

Santos, S.N., Alleoni, L.R.F. Reference values for heavy metals in soils of the Brazilian agricultural frontier in Southwestern Amazônia. Environmental Monitoring and Assessment, v.185, p.5737-5748, 2013. https://doi.org/10.1007/s10661-012-2980-7.

Souza, J.J.L.L.; Fontes, M.P.F.; Gilkes, R.; Costa, L.M.; Oliveira, T.S. Geochemical Signature of Amazon Tropical Rainforest Soils. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.42, e0170192, 2018. http://doi.org/10.1590/18069657rbcs20170192.

Tedesco, M.J.; Gianello, C.; Bissani, C.A.; Bohnen, H. Volkweiss, S.J. Análise de solo, plantas e outros materiais. 2.ed. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1995. 174p. (Boletim Técnico de Solos, 5). https://pt.scribd.com/doc/41082320/Tedesco-et-al-1995. 05 Nov. 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Cleidimar João Cassol, Adelmo Lowe Pletsch, Ismael Laurindo Costa Júnior, Juliane Maria Bergamin Bocardi, Alessandra Mayumi Tokura Alovisi, Fábio Luiz Fronza

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2019

h5 index: 10

h5 median: 14

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.