Linhagens avançadas de mini alface biofortificadas com resistência ao nematóide-das-galhas - DOI:10.5039/agraria.v15i2a6412

Gabriel Mascarenhas Maciel, Bruno Sérgio Vieira, Adriany Pena de Souza, Rafael Resende Finzi, Ana Carolina Pires Jacinto, Igor Forigo Beloti

Resumo


Mini alface biofortificada e resistente ao nematóide das galhas Meloidogyne javanica, com elevado potencial agronômico, ainda não é uma realidade no Brasil. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial agronômico de linhagens de mini-alfaces biofortificadas combinadas com a resistência ao M. javanica. Foram realizados dois experimentos:1- desempenho agronômico em campo; 2- resistência à M. javanica em casa de vegetação. Os experimentos foram dispostos no delineamento de blocos ao acaso (experimento 1) e no delineamento inteiramente casualizado (experimento 2); ambos constituídos de dez tratamentos (seis linhagens avançadas e quatro cultivares comerciais) e oito repetições, conduzidos nas dependências da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). No experimento 1 foram avaliados: teor de clorofila total; diâmetro de copa e caule; e número de folhas planta-1. No experimento 2: índice de galhas; número de galhas e ovos raiz-1; e fator de reprodução. De maneira geral, os genótipos que apresentaram potencial agronômico não foram resistentes a M. javanica, exceto UFU-66#6. Concluiu-se que a linhagem avançada UFU-66 # 6 (segmento de mini-alface biofortificada) possui potencial agronômico aliado a resistência a M. javanica.


Palavras-chave


carotenoides; Lactuca sativa; Meloidogyne javanica

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - Abcsem. Dados do setor. 2015. http://www.abcsem.com.br/dados-do-setor. 02 Nov. 2018.

Azevedo, A. M.; Andrade Júnior, V. C.; Oliveira, C. M.; Fernandes, J. S. C.; Pedrosa, C. E.; Dornas, M. F. S.; Castro, B. M. C. Seleção de genótipos de alface para cultivo protegido: divergência genética e importância de caracteres. Horticultura Brasileira, v. 31, n.2, p. 260-265, 2013. https://doi.org/10.1590/S0102-05362013000200014.

Bonetti, J. I. S.; Ferraz, S. Modificação do método de Hussey e Barker para extração de ovos de Meloidogyne exigua do cafeeiro. Fitopatologia Brasileira, v.6, n.3, p.553, 1981.

Carvalho Filho, J. L. S; Gomes, L. A. A.; Silva, R. R.; Ferreira, S.; Carvalho, R. R. C.; Maluf, W. R. Parâmetros populacionais e correlação entre características da resistência a nematoides de galhas em alface. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 6, n. 1, p. 46-51, 2011. https://doi.org/10.5039/agraria.v6i1a819.

Cassetari, L. S.; Gomes, M. S.; Santos, D. C.; Santiago, W. D.; Andrade, J.; Guimarães, A. C.; Souza, J. A.; Cardoso, M. G.; Maluf, W. R.; Gomes, L. A. Β-carotene and chlorophyll levels in cultivars and breeding lines of lettuce. Acta Horticulturae, v. 1083, p. 469-473, 2015. https://doi.org/10.17660/ActaHortic.2015.1083.60.

Cruz, C. D. GENES: a software package for analysis in experimental statistics and quantitative genetics. Acta Scientiarum Agronomy, v. 35, n.3, p. 271-276, 2013. https://doi.org/10.4025/actasciagron.v35i3.21251.

Damerum, A.; Selmes, S. L.; Biggi, G. F.; Clarkson, G. J.; Rothwell, S. D.; Truco, M. J.; Michelmore, R. W.; Hancock, R. D.; Shellcock, C.; Chapman, M. A.; Taylor, G. Elucidating the genetic basis of antioxidant status in lettuce (Lactuca sativa). Horticulture Research, v. 2, p. 15055, 2015. http:s//doi.org/10.1038/hortres.2015.55.

Ferreira, S.; Vieira, V. L. F.; Gomes, L. A. A.; Maluf, W. R.; Carvalho Filho, J. L. S. Identificação de linhagens avançadas de alface quanto à resistência a Meloidogyne javanica. Ciência e Agrotecnologia, v. 35, n. 2, p. 270-277, 2011. https://doi.org/10.1590/S1413-70542011000200006.

Filgueira, F. A. R. Novo manual de olericultura: agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. 3.ed. Viçosa: UFV, 2013. 412 p.

Fiorini, C. V. A.; Gomes, L. A. A.; Libânio, R. A.; Maluf, W. R.; Campos, V. P.; Licursi, V.; Moretto, P.; Souza, L. A. Identificação de famílias F2:3 de alface homozigotas resistentes aos nematoides das galhas. Horticultura Brasileira, v. 25, n. 4, p. 509-513, 2007. https://doi.org/10.1590/S0102-05362007000400004.

Hussey, R. S.; Barker, K. R. A comparison of methods collecting inocula of Meloidogyne spp. including a new technique. Plant Disease Reporter, v.57, n.12, p.1025-1028, 1973. https://babel.hathitrust.org/cgi/pt?id=mdp.39015001262776;view=1up;seq=459. 29 Abr. 2018.

Jones, J. T.; Haegeman, A.; Danchin, E. G. J.; Gaur, H. S.; Helder, J.; Jones, M. G. K.; Kikuchi, T.; Manzanilla-López, R.; Palomares-Rius, J. E.; Wesemael, W. M. L.; Perry, R. N. Top 10 plant-parasitic nematodes in molecular plant pathology. Molecular Plant Pathology, v. 14, n. 9, p. 946–961, 2013. https://doi.org/10.1111/mpp.12057.

Lawson, P. G.; Daum, D.; Czauderna, R.; Meuser, H.; Härtling, J. W. Soil versus foliar iodine fertilization as a biofortification strategy for field-grown vegetables. Frontiers in Plant Science, v. 6, p. 450, 2015. https://doi.org/10.3389/fpls.2015.00450.

Nascimento, K. O.; Rocha, D. G. C. M.; Da Silva, E. B.; Barbosa-Junior, J. L.; Barbosa, M. I. M. J.; Nascimento, C. O. Caracterização química e informação nutricional de fécula de batata-doce (Ipomoea batatas L.) orgânica e biofortificada. Revista Verde, v. 8, n. 2, p. 132-138, 2013. https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/1774/1520. 22 Abr. 2018.

Onkendi, E. M.; Kariuki, G. M.; Marais, M.; Moleleki, L. N. The threat of root-knot nematodes (Meloidogyne spp.) in Africa: a review. Plant. Pathology, v. 63, n.4, p. 727-737, 2014. https://doi.org/10.1111/ppa.12202.

Sala, F. C.; Costa, C. P. Retrospectiva e tendência da alfacicultura brasileira. Horticultura Brasileira, v. 30, n. 2, p. 187-194, 2012. https://doi.org/10.1590/S0102-05362012000200002.

Santi, A.; Scaramuzza, W. L. M. P.; Neuhaus, A.; Dallacort, R.; Krause, W; Tieppo, R. C. Desempenho agronômico de alface americana fertilizada com torta de filtro em ambiente protegido. Horticultura Brasileira, v. 31, n. 2, p. 338-343, 2013. https://doi.org/10.1590/S0102-05362013000200027.

Smolén, S.; Kowalska, I.; Sady, W. Assessment of biofortification with iodine and selenium of lettuce cultivated in the NFT hydroponic system. Scientia Horticulturae, v. 166, p. 9-6, 2014. https://doi.org/10.1016/j.scienta.2013.11.011.

Sousa, C. S.; Bonetti, A. M.; Goulart Filho, L. R.; Machado, J. R. A.; Londe, L. N.; Baffi, M. A.; Ramos, R. G.; Vieira, C. U.; Kerr, W. E. Divergência genética entre genótipos de alface por meio de marcadores AFLP. Bragantia, v. 66, n. 1, p. 11-16, 2007. https://doi.org/10.1590/S0006-87052007000100002.

Souza, M. C. M.; Resende, L. V.; Menezes, D.; Loges, V.; Soute, T. A.; Santos, V. F. Variabilidade genética para características agronômicas em progênies de alface tolerantes ao calor. Horticultura Brasileira, v. 26, n. 3, p. 354-358, 2008. https://doi.org/10.1590/S0102-05362008000300012.

Takahashi, K.; Cardoso, A. I. I. Plant density in production of mini lettuce cultivars in organic system management. Horticultura Brasileira, v. 32, n. 3, p. 342-347, 2014. https://doi.org/10.1590/S0102-05362014000300017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Gabriel Mascarenhas Maciel, Bruno Sérgio Vieira, Adriany Pena de Souza, Rafael Resende Finzi, Ana Carolina Pires Jacinto, Igor Forigo Beloti

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2019

h5 index: 10

h5 median: 14

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.