Deficiências de macronutrientes no crescimento e na produção da mamoneira cultivar Iris - DOI:10.5039/agraria.v4i4a6

José Lavres Junior, Thiago A. R. Nogueira, Cleusa P. Cabral, Eurípedes Malavolta

Resumo


Objetivou-se, com este estudo, avaliar o efeito da deficiência dos macronutrientes no crescimento e na produção da mamoneira (Ricinus communis L.) cultivar Iris. O experimento foi desenvolvido em casa de vegetação. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com os tratamentos arranjados nas unidades experimentais em parcelas subdivididas, constando de seis repetições para N, P e K, e três repetições para Ca, Mg e S. As parcelas corresponderam aos tratamentos e as subparcelas às avaliações efetuadas semanalmente após o início da aplicação dos tratamentos. Durante o cultivo avaliaram-se: as manifestações visuais das deficiências dos nutrientes, o diâmetro do caule, altura da parte aérea e o comprimento da raiz principal. As plantas foram colhidas aos 91 dias após o início dos tratamentos, procedendo-se nesta ocasião, a separação das partes e, por fim, quantificando-se a relação parte aérea : raízes. Os sintomas de deficiência manifestaram-se primeiramente para N e em seguida para K, Ca, Mg, S e P. As deficiências de N, S e Mg foram as que mais afetaram o diâmetro do caule e altura da planta. A altura da planta guarda relação direta e positiva com o diâmetro do caule. O comprimento total da raiz principal e a relação parte aérea : raízes não foram afetados pelos tratamentos. As deficiências de N, S e Mg com aquelas de P, de K e de Ca concorreram para a redução na produção de massa de matéria seca das plantas, na seguinte ordem decrescente: N>Ca>S>Mg>K>P, o que reflete as exigências da planta.

Palavras-chave


Ricinus communis L, nutrição de plantas, sintomatologia de deficiência

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 José Lavres Junior, Thiago A. R. Nogueira, Cleusa P. Cabral, Eurípedes Malavolta

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2019

h5 index: 10

h5 median: 14

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.