Adubação com N, P e K no crescimento inicial do porta-enxerto limoeiro cravo - DOI:10.5039/agraria.v4i1a6

Diego W. do Vale, Renato de M. Prado

Resumo


Objetivou-se avaliar o efeito de N, P e K no crescimento de porta-enxerto de limoeiro “cravo”. O experimento seguiu um delineamento experimental em esquema fatorial 33 + 1, sendo 3 fatores (N, P e K) em 3 doses, com 3 repetições, totalizando 84 unidades experimentais. Cada repetição foi composta por duas plantas. O experimento foi conduzido por um período de quatro meses, após a emergência das plântulas. As doses padrão de N, K e P foram de 920 mg dm-3, 790 mg dm-3 e 100 mg dm-3, respectivamente. Os tratamentos foram os seguintes: metade, uma vez e duas vezes a dose padrão, além da testemunha (sem adubação). As adubações N e K foram divididas em 30 aplicações, em cada unidade experimental, durante os 4 meses de produção dos “seedlings”, iniciando-se na segunda semana após a emergência das plântulas. Quinzenalmente, realizaram-se avaliações do diâmetro dos porta-enxertos. Aos 120 dias após a emergência, foram realizadas avaliações de crescimento das mudas (diâmetro, altura, área foliar, massa seca da parte aérea, massa seca das raízes e massa seca total). As aplicações de N, P e K afetaram o crescimento do porta-enxerto de  imoeiro “cravo”. O maior crescimento das plantas do porta-enxerto de limoeiro “cravo” é associado às doses de N, P e K iguais a 1.840, 98 e 870 mg dm-3, respectivamente.


Palavras-chave


produção de mudas, nutrição de plantas, fertirrigação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Diego W. do Vale, Renato de M. Prado

SCImago Journal & Country Rank

Google Scholar

2018

h5 index: 12

h5 median: 14

Mais detalhes

Revista Brasileira de Ciências Agrárias (Agrária)

ISSN (ON LINE) 1981-0997

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos Recife-Pernambuco-Brasil 52171-900

agrarias.prppg@ufrpe.br

secretaria@agraria.pro.br

 Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Agrária, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons.